Durante quinze longos anos, vídeo games foram proibidos na China. Tudo começou em 2000, quando alguns oficiais do país ficaram com medo de que os jogos tivessem um efeito negativo no desenvolvimento físico e mental das crianças, mas agora essa decisão foi revertida.

No ano passado, a China liberou uma área em Shanghai, para que desenvolvedores pudessem criar consoles experimentais. No entanto, haviam alguns obstáculos para as empresas, pois cada console deveria ser inspecionado individualmente, e sua venda só poderia ser aprovada por agentes reguladores.

Agora, todas as restrições para a venda de consoles no país acabou, e empresas como Microsoft, Sony e Nintendo agora podem vender e fabricar consoles no país. 

Por ser o país mais populoso do mundo, com mais de 1 bilhão de habitantes, a China tem um grande potencial para se tornar um dos maiores mercados de games do mundo. 

Facebook
0
Google
 
Top