A galera do Unseen64 resolveu fazer uma investigação a respeito do Project H.A.M.M.E.R., um game que havia sido anunciado pela Nintendo para o Wii na E3 2006, mas que nunca foi lançado.

O Project HAMMER foi um dos jogos mais diferentes que teríamos visto na história do Wii, onde você controlaria um ciborgue e com seu martelo gigante, você protegeria a sua cidade de robôs que a estavam invadindo. O jogo também não estava sendo desenvolvido pela Nintendo do Japão, e sim por um estúdio de desenvolvimento da Nintendo norte-americana, o mesmo que produziu Metroid Prime: Hunters.

Na investigação do Unseen64, é dito que a gestão japonesa da Nintendo sempre interferia no desenvolvimento jogo, dizendo que ele não era divertido, que o público não gostaria do jogo... Além disso, o principal designer do jogo também foi demitido e os desenvolvedores começaram a ver problemas na jogabilidade do jogo, que era muito repetitiva. Os jogadores teriam que ficar o tempo todo sacudindo o Wiimote, e isso não seria muito interessante.

A investigação também revela que segundo a equipe desenvolvedora do jogo, a gestão japonesa ignorava todas as ideias dos desenvolvedores americanos, eles não ouviam nenhum funcionário da empresa, a não ser que ele fosse japonês. Os desenvolvedores americanos chegaram até a acusar a gestão japonesa de nacionalismo e racismo.

Mais tarde, o jogo foi parar na geladeira da Nintendo, e então os desenvolvedores começaram a trabalhar em Wii Crush, uma versão mais colorida de Project HAMMER, mas que ainda continuava com a mesma jogabilidade. Depois disso, não se sabe mais de nada...

Confira o vídeo do Unseen64 falando sobre o jogo (em inglês):


Fonte
Facebook
0
Google
 
Top