De acordo com uma tradução feita pelo site Source Gaming da coluna de Sakurai na revista Famitsu, durante o desenvolvimento do jogo Super Smash Bros. Brawl, Sakurai teria planejado dividir o desenvolvimento do jogo com outro estúdio. 

Ele e sua equipe ficariam responsáveis por desenvolver o jogo principal, enquanto outro estúdio ficaria responsável pela parte do Subspace Emissary. Sakurai queria fazer isso porque ele sentia que precisava se concentrar em cada personagem do jogo, porque se não passasse tempo o suficiente com cada um deles, eles "não receberiam todo o amor de que precisam" e o projeto acabaria ficando desorganizado e os desenvolvedores não teriam espaço nem para respirar.

Mas, no final das contas, eles não encontraram nenhum estúdio adequado para trabalhar no Subspace Emissary, então o jogo inteiro acabou sendo desenvolvido pela Nintendo. 

Facebook
0
Google
 
Top