O analista Michael Pachter, falou recentemente com o DICE Europe, onde afirmou que acredita que essa poderá ser última grande geração de consoles. Ele acredita que a base instalada dos consoles já chegou em um nível máximo e que essa geração de consoles não será maior que a anterior.

Este é o último ciclo de consoles de verdade. Eu não quero dizer que Microsoft, Sony e Nintendo vão falir. Eles não vão, mas cada um deles fará um novo console, algumas pessoas vão o comprar, mas a próxima geração de consoles será como o 3DS é para o DS. O 3DS está vendendo cerca de 15 milhões de unidades por ano, enquanto o DS teve cinco anos consecutivos vendendo mais de 26 milhões. Temos quase metade de diferença. 

Apesar disso, Pachter diz que quando fala que esse poderá ser o último ciclo de consoles, é porque jogos não precisam necessáriamente exigir um console para serem jogados. 

Ele sugere que em algum momento, os consoles serão algo ultrapassado, e outras formas de tecnologia iram os substituir, como um CPU/GPU conectado na sua televisão, que é o caso das set-top boxes. Para ele, dispositivos como Apple TV e Amazon Fire TV, irão substituir os consoles tradicionais, afinal, esses dispositivos também rodam jogos.

Quantas pessoas iriam jogar Grand Theft Auto se você não precisar de um console? 100 milhões. Os números são incríveis. Isso faz muito sentido. É o que vai acontecer.

O que acha? Acredita que o mercado de consoles chegou ao seu máximo e ficará ultrapassado? Comente. 

Facebook
5
Google
 
Top