Na última quinta-feira, ficamos conhecendo um novo jogo de Pokémon que será lançado para smartphones, o Pokémon GO, que permite que você capture vários Pokémon na vida real através de suas andanças pelo mundo.

Apesar da notícia, ainda há muitas dúvidas a respeito do game, por isso o site CPokemon reuniu algumas informações se baseando no Ingress, game desenvolvido pela mesma empresa que está trabalhando em Pokémon GO. 

Como será o jogo?
O jogo será completamente gratuito, mas terá compras dentro dele, para que você possa comprar itens e outras coisas. 

O jogo será lançado somente no Japão e nos Estados Unidos?
Isso não é verdade. O anúncio do jogo também foi feito no site espanhol de Pokémon, então é possível que ele seja lançado no mundo inteiro.

A Nintendo está desenvolvendo o jogo? Miyamoto tem algo haver com ele?
Não. O envolvimento da Nintendo com o projeto é apenas na criação do dispositivo Pokémon GO Plus. Além disso, eles não estão ajudando em nenhum aspecto do jogo em si. Miyamoto ter aparecido na conferência foi apenas para representar a Nintendo, que ainda está sem um presidente.


Esse será o principal jogo de Pokémon para 2016 ou um simples spin-off?
Nenhum dos dois. As chances são de que o principal jogo de Pokémon seja uma sequência de Kalos, um Pokémon Z e Pokémon GO pode ter algum tipo de conectividade com esse jogo. No entanto, ele não é um simples spin-off, já que a Nintendo, a Pokémon Company e até Junichi Masuda estão envolvidos no jogo.

Ele chegará ao Windows Phone?
Não, pelo menos não por agora. No entanto, o Windows 10 Mobile terá suporte para aplicativos Android, então talvez o jogo pode estar disponível nesta versão.

O aplicativo exigirá o uso da Internet? 
Sim, é o mais provável.

O encontro com um Pokémon dependerá do tipo de área onde você está?
Isso é algo que os fãs estão inventando. Em nenhum momento foi dito que o tipo de Pokémon que você encontrar depende da área onde você está, independente de você estar perto do mar ou em uma floresta. As chances são de que os Pokémon sejam colocados em áreas completamente aleatórias. Mas talvez, em áreas importantes para a Pokémon Company, como o Japão, isso seja feito. 

E se não houver um Pokémon perto de onde eu moro?
Isso é muito pouco provável, uma vez que os Pokémon possivelmente serão espalhados aleatoriamente em todo o mundo.

E onde encontraremos Pokémon lendários?
Embora não se saiba como isso vai funcionar, podemos especular que eles estarão localizados em áreas especiais de cada cidade. Além disso, no Ingress, que foi desenvolvido pela mesma empresa que está trabalhando em Pokémon GO, os jogadores podem pedir para os desenvolvedores incluírem locais especiais de suas cidades dentro do aplicativo.

Poderemos capturar Pokémon junto com várias pessoas?
Como foi visto no trailer, será possível fazer ataques em conjunto, como em eventos de MMOs.

Como é que vamos capturar um Pokémon? Teremos que lutar com eles como no jogo ou apenas jogar um Pokéball?
A verdade é que ainda não sabe como isso funcionará, já que na conferência onde o jogo foi anunciado, foi dito que quando o Pokémon GO Plus estivesse perto de um Pokémon ele irá começar a vibrar e você pressionaria um botão para lançar um Pokébola sem precisar usar seu celular. Com base nisso, parece que não será necessário atacar seu Pokémon. Teremos que esperar para descobrir a resposta para essa pergunta.

Poderemos lutar com outros jogadores?
Pelo que foi mostrado até agora, nós poderemos sim lutar contra outros jogadores. E Junichi Masuda, o diretor da franquia Pokémon, já disse que está trabalhando para criar um sistema de batalha de jogo que se adeque para todas as idades.

Poderemos ver os Pokémon com a câmera do nosso celular?
Não, não espere ver um Pokémon na vida real. O que vamos ver na tela do seu telefone inicialmente é um mapa indicando onde o Pokémon está. Uma vez que chegamos no local, a tela para capturar seu Pokémon pode ser visualizada no seu celular, mas sem usar a câmera. A interface de captura dos Pokémon será algo parecido com a imagem mostrada abaixo:


Vale lembrar que algumas dessas respostas são apenas especulativas, com base nas poucas informações que foram divulgadas até agora sobre o jogo. Futuramente, mais novidades deverão ser reveladas. 

Lembrando que ainda esse ano, o jogo receberá um versão beta e ele chegará aos smartphones no ano que vem.

Facebook
12
Google
 
Top