As produtoras brasileiras de jogos independentes terão grande destaque na edição 2015 da Brasil Game Show (BGS), principal feira de games da América Latina e a segunda maior do mundo em área utilizada. Durante o evento, 36 estandes ocuparão o Pavilhão Indie, em uma área cinco vezes maior do que em 2014. Além dos estúdios brasileiros, haverá também um indie norte-americano convidado, o Data Realms.

Pela primeira vez na BGS, os estúdios participarão da área Indie Meeting, um espaço com plateia onde cada expositor independente terá 45 minutos para apresentar seus projetos e atender o público. Serão cinco palestras por dia com 30 minutos de apresentação, 15 de perguntas e respostas, sob a coordenação de Esteban Clua, professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) e vice-diretor do Instituto de Computação da UFF. Clua também é um dos fundadores do SBGames (Simpósio Brasileiro de Games e Entretenimento Digital) e foi presidente da Comissão Especial de Jogos da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) entre 2010 e 2014.

Marcelo Tavares, idealizador e CEO da BGS, diz que a feira sempre estimulou a participação dos indies e que a presença tem aumentado ano a ano, acompanhando o crescimento da própria indústria nacional. “Há cada vez mais empresas produzindo jogos no Brasil e é papel da BGS, principal evento do setor no país e no continente, apoiar quem está dando os primeiros passos, principalmente considerando que as produtoras independentes brasileiras evoluíram bastante e muitas não deixam nada a desejar em relação às principais empresas internacionais”, diz Tavares. Segundo ele, a popularização dos dispositivos móveis abriu muitas frentes para a criação de aplicativos e games e, atualmente, também há maior facilidade para desenvolver títulos para os consoles de última geração.

As expectativas das produtoras estão sendo bastante positivas, pois além delas, grandes empresas do mundo dos games estarão na BGS 2015, como Activision, Com2us, DxRacer, EA, HyperX, MadCatz, Nvidia, PlayStation, Razer, Rimo, TP-Link, Ubisoft, Xbox e Warner, assim como grandes redes varejistas como Saraiva, Lojas Americanas e Americanas.com. Quanto ao público, são esperadas 300 mil pessoas, 20% a mais do que em 2014.

Entre algumas das produtoras indie que estarão no evento temos: Data Realms, Digi Ten Studio, DNAe Studios, Flux Game Studio, G2, Garage 227 Studio, Maxlab Studios, Messier Games & Animations, Odin Game Studio, Overlord Game Studio, Reload Game Studio, Samaritan Studios, Smyowl, Streamy, Tree of Dreams, Too Nerd to Die e Unique Entretenimento Digital.

Aqui você pode encontrar a lista completa de expositores já confirmados para a BGS 2015, que o maior evento de games da América Latina e possiu o A Casa do Cogumelo como um de seus parceiros.

O Brasil Game Show acontece dos dias 08 à 12 de Outubro (08 só para business e imprensa), no Expo Center Norte em São Paulo. E se você quiser concorrer a um ingresso gratuito para o evento, pode participar do nosso sorteio "A Casa do Cogumelo te leva ao BGS 2015". Confira o regulamento aqui
Facebook
0
Google
 
Top