Há um tempo atrás, revelamos aqui no site que a Pokémon Company estava entrando com um processo contra um fã da franquia Pokémon que tentou dar uma festa temática dos monstrinhos antes da PAX Prime 2015. 

Agora, foi revelado que Ramar Larkin Jones, que esteve fazendo essa mesma festa por cinco anos foi multado em US$5400, cerca de R$21 mil, pela Pokémon Company.

Jones, que trabalha como gerente de uma loja de café, disse que não tem condições de pagar a multa e criou até um GoFundMe para tentar arrecadar o dinheiro. Quando a Pokémon Company entrou com o processo, Jones cancelou o evento, e disse que pensou que por conta disso, ficaria tudo bem, pois achava que o processo era apenas para dar um susto nele. 

Além da multa, Jones ainda terá que pagar pelos honorários advocatícios, e o valor irá aumentar se for necessário mais tempo dos advogados para finalizarem esse acordo. 

Jones foi processado pela Pokémon Company por ter usado a marca Pokémon e imagens sem autorização e também por cobrar pelos bilhetes para entrada na festa.

Facebook
0
Google
 
Top