Nós ficamos recentemente sabendo que a Pokémon Company havia entrado com um processo contra um fã que pretendia organizar uma festa temática da franquia. 

A empresa e o fã, chamado Ramar Larkin Jones, conseguiram chegar a um acordo, onde ele teria que pagar um valor de US$5400 a empresa, incluindo as despesas do tribunal. Por causa disso, Jones recorreu a uma campanha de financiamento onde conseguiu arrecadar dinheiro para pagar a multa com o apoio do vários fãs. 

No entanto, de acordo com a Game Informer, a Pokémon Company resolveu voltar atrás e cancelar o acordo que tinha com o fã, o culpando por deixar a empresa com uma má imagem. 

Agora, o advogado de Jones está tentanto fazer a Pokémon Company voltar atrás em sua decisão e restaurar o acordo que eles tinham, já que o dinheiro foi arrecadado.

Lembrando que a empresa processou Jones por ter usado indevidamente sua propriedade intelectual e também porque ele estava cobrando pelos ingressos para a festa.

Facebook
0
Google
 
Top