A Nintendo algumas vezes é processada pelas coisas mais absurdas que nós podemos imaginar, como esse processo que a empresa levou da RecogniCorp LLC. Essa empresa processou a Big N alegando que os Miis infringiam uma patente norte-americana relacionada a forma de armazenamento de retratos falados nos arquivos da polícia.

O caso foi avaliado pelo juiz Richard A. Jones, do tribunal de Seattle, que concluiu que essa reivindicação é inválida, e ainda descobriu que essa patente era uma tentativa imprópria de monopolizar operações matemáticas, algo que não pode ser patenteado.

A Nintendo disse que está muito satisfeita com a decisão o juiz Jones, e que a RecogniCorp estava tentando lucrar com invenções das quais eles não tem direitos. A empresa também disse que vai continuar protegendo seus produtos e inovações contra as acusações de violação de patente.

Fonte
Facebook
0
Google
 
Top