Desde que foi lançado há três anos atrás, o Wii U tem lutado para ganhar popularidade com pouco mais de 10 milhões de unidades vendidas até hoje. Atualmente, a Nintendo também está trabalhando em um novo hardware de jogos, chamado até então de NX, e vários fãs acreditam que isso será o fim do Wii U, mas não é bem assim.

No passado, executivos da Nintendo como Reggie Fils-Aime e também o falecido Satoru Iwata já declararam que não vão deixar de investir no Wii U, e o novo presidente Tatsumi Kimishima, também compartilha do mesmo sentimento. Ele já disse que o NX não será um substituto do Wii U e agora disse que a Nintendo quer garantir que os 10 milhões de compradores do Wii U estejam satisfeitos com o console.

Para a Time, Kimishima disse que sabe que o Wii U vendeu apenas um décimo do que o Wii vendeu, e que o primeiro trabalho da Nintendo nesse momento é fazer com que esses 10 milhões de clientes tenham jogos para jogar e continuem desfrutando da plataforma, pois a Nintendo não pode simplismente abandonar esses jogadores.

É claro que nós estamos trabalhando no NX e vendo que tipo de experiências podemos levar para essa plataforma, mas o que queremos no momento é apoiar quem comprou o Wii U e nos certificar de que eles terão jogos para jogar.

Atualmente, temos dois grandes games da Nintendo já confirmados para o Wii U no próximo ano, Zelda U e Star Fox Zero.

Fonte
Facebook
3
Google
 
Top