O primeiro game de Bayonetta foi lançado em 2009 e com toda certeza foi um marco na história de Platinum Games, pois fez a desenvolvedora ficar muito conhecida no mercado dos games. Mas nem tudo é tão bom quanto parece, e em uma entrevista com o Gamespot, Atsushi Inaba, produtor executivo da empresa, disse que sua equipe não ficou nada animada quando eles terminaram de desenvolver o jogo.

Ele foi um título que empurrou nossa companhia para frente, estabelecendo um quadro do que somos como estúdio. Uma das razões pelas quais as pessoas dizem que a Platinum Games é sinônimo de jogos de ação é por causa de Bayonetta, e isso também estabeleceu algo para a nossa equipe, que nós seríamos capazes de concluir qualquer coisa, não importando o quão difícil seria e quanta energia seria necessária para isso.
Porém, Inaba explicou que Bayonetta praticamente destruiu a Platinum Games, pois o jogo exigiu muito trabalho da sua equipe de desenvolvimento.

No final do desenvolvimento de Bayonetta, ninguém estava satisfeito. Toda nossa gente estava frustrada e chateada, muito foi exigido de nós para terminar esse jogo. No final, ninguém estava se dizendo coisas como 'Conseguimos!', 'Terminamos!'. Estavamos todos dizendo 'Nunca mais faremos isso novamente'. Ficou um ambiente muito pesado e negativo pelo que me lembro.

Mas ao verem que o jogo foi muito bem recebido, a equipe da Platinum Games ficou feliz e animada novamente.

Mas também temos o fato de que jogos são algo que você constrói. Você não recebe seu verdadeiro pagamento até ver que as pessoas estão jogando e dando a sua opinião, e quando todos disseram que adoraram Bayoneta, isso restaurou instantaneamente a energia da equipe. Os jogos são assim. As equipes desenvolvedoras se esgotam até à exaustão e depois que recebem todo esse feedback recuperam sua energia e estão prontas para fazer tudo novamente. E Bayonetta é um excelente exemplo disso.

Na entrevista, Inaba ainda falou sobre o desenvolvimento de Bayonetta 2, game que poderia nem ter sido lançado sem o apoio da Nintendo, e explicou que apesar do caos do jogo anterior a equipe abraçou o projeto com grande motivação, por causa da paixão que sua equipe tem pelo projeto.

E acrescentou: "A quantidade de paixão que você coloca em algo, é a quantidade de paixão que você receberá." E é claro que podemos ver isso nos dois games da franquia Bayonetta lançados até agora, pois os jogos realmente refletem a paixão da Platinum Games pela franquia.
Facebook
0
Google
 
Top