DOMINGO (06/12):
No domingo, a Nintendo revelou que estava se programando para fazer um novo anúncio na segunda-feira. Damon Baker, que atua como gerente sênior de licenciamento e comercialização na Nintendo da América, disse isso em um podcast do Nintendo World Report.

Baker ainda terminou seus comentários dizendo: "Fiquem atentos, que vai ser bom."

SEGUNDA-FEIRA (07/12):
Na segunda, ficamos sabendo que o anuncio do qual Baker falava era o lançamento da versão para Wii U de Minecraft, que chega em 17 de Dezembro ao console da Nintendo por US$29.99 no eShop.
No Wii U, o jogo terá opção de jogar em off-TV e também virá com alguns pacotes de conteúdos adicionais já lançados para Minecraft, como Battle & Beasts Skin Pack, Battle & Beasts 2 Skin Pack, Natural Texture Pack, City Texture Pack, Fantasy Texture Pack e Festive Mash-up Pack.
A Nintendo também disse que está trabalhando em uma colaboração com a Mojang para levar conteúdo temático para o game no futuro.

E o game Devil's Third foi lançado para o Wii U aqui na América no dia 11 de Dezembro, essa sexta-feira, e com o seu lançamento a Nintendo acaba de divulgar o trailer de lançamento desse game do lendário Tomonobu Itagaki, que também é criador da franquia Dead or Alive.

Se você é do tipo que sente falta de games mais violentos e com uma temática mais adulta no Wii U, com toda certeza deveria jogar Devil's Third.

Assista ao trailer abaixo:


TERÇA-FEIRA (08/12):
Na terça, a Niantic, desenvolvedora do aplicativo Pokémon GO, anunciou que abriu um escritório no Japão, que também é a primeira filial que a empresa está abrindo.
O escritório foi aberto em 03 de Dezembro em Minato, Tokyo. Ele será usado para desenvolver jogos no estilo de Pokémon GO, que usam o mundo real, e também plataformas que usam AR e GPS.
Isso significa que no futuro, novos jogos usando essas tecnologias serão utilizadas.

E a personagem Linkle está fazendo a sua estreia em Hyrule Warriors Legends, mas de acordo com o produtor da franquia, Eiji Aonuma, é possível que a personagem também possa aparecer em outros jogos.
Em uma entrevista ao IGN, o produtor disse que com toda certeza está pensando em usar a personagem em futuros jogos da franquia.
O produtor também disse que acha que mesmo que a personagem nunca tenha aparecido em outros jogos da franquia, ele sente que ela faz parte do universo da franquia.

QUARTA-FEIRA (09/12):
No Nintendo Direct que rolou em Novembro, a Nintendo anunciou que esse mês nós teremos uma apresentação voltada apenas para os games Super Smash Bros. para Wii U e 3DS, e essa seria a última apresentação que anunciaria novidades para o game. E na quarta, a Nintendo e Masahiro Sakurai, o produtor da franquia, anunciaram que essa apresentação acontecerá no dia 15 de Dezembro, às 20:00 do Horário Brasileiro de Verão.
Sakurai é quem estará à frente da apresentação, que irá dar mais detalhes sobre a presença de Cloud no game, mas também é possível que sejam apresentados os resultados do Fighter Ballot.

E Phil Spencer, o chefão da Xbox, falou algumas palavras bem interessantes sobre a Nintendo em seu Twitter. Ele disse a um fã através da rede social que adoraria um dia ver algum jogo da Nintendo no Xbox. Ele também revelou que está bem feliz em estar trabalhando pela Microsoft estar trabalhando com a Nintendo para levar Minecraft para o Wii  U.

QUINTA-FEIRA (10/12):
Na quinta, um novo personagem foi confirmado para Pokkén Tournament, o jogo de luta que usa o estilo de Tekken com personagens de Pokémon.
Um recente vazamento indicava que Sceptile seria o próximo personagem jogável que chegaria em Pokkén, e agora, a Namco liberou um novo trailer confirmando o vazamento. Sceptile ainda poderá Mega Evoluir! O novo trailer ainda confirma Electrode e Farfetch’d como personagens suporte.

No mesmo dia, foi descoberta uma nova patente registrada pela Nintendo. De acordo com o que é mostrado nas imagens da patente e nas informações divulgadas, trata-se de um controle que possui uma tela, e que diferente do GamePad, que é como um tablet, esse controle possui forma elíptica e uma tela de exibição que também é a parte da frente do controle. Um resumo deixado na patente, a descreve como um aparelho de processamento de informações não limitativo, que possui uma carcaça, e uma touchscreen que exibe imagens. O aparelho ainda tem tela com visão estereoscópica e entrada para cartões (ou cartuchos de jogos), o que nos leva a crer que há uma grande possibilidade desse patente ter algum relação com um futuro console da Nintendo.

SEXTA-FEIRA (11/12):
Na sexta, Reggie, da Nintendo da América, deu uma entrevista onde falou a respeito dos dois novos serviços da Nintendo que juntos, atuarão como uma espécie de sucessor do Club, os serviços My Nintendo e Nintendo Account.

O Club Nintendo foi um programa que recompensou os jogadores com bens físicos inicialmente, e, mais tarde, com bens, conteúdos e jogos digitais, que ficavam disponíveis aos consumidores que compravam nossos produtos. O diferencial com o My Nintendo é que ele será nosso centro virtual para todas as interações com consumidores.
Isso significa que quando você estiver jogando um aplicativo da Nintendo para smartphones, ele reconhecerá isso e você será recompensado por essa atividade. Se você comprar jogos para os nossos consoles dedicados, o My Nintendo vai saber, e você vai ser recompensado por essa atividade. Jogar, assistir vídeos, ir ao Universal Studios... Nosso pensamento é que esta é uma forma mais robusta e pegajosa de fazer nosso consumidor interagir com as coisas da Nintendo, e nós vamos recompensa-lo por todas essas atividades. Por isso, o Club Nintendo precisou ser extinto, dada a essa visão muito maior. Nossa mecânica do programa precisava ser completamente repensada e refeita.
Ele [o My Nintendo] é algo extremamente ambicioso. É um conceito muito complicado que estamos tentando simplificar o quanto pudermos. E é por isso que nós tivemos que fazer essa transição, de um programa [o Club Nintendo] para algo que é muito diferente.

A Nintendo planeja lançar o My Nintendo em Março de 2016, e até lá, vamos aguardar por mais detalhes sobre o programa e também sobre o Nintendo Account, lembrando que esses serviços também estão ligados um ao outro.

Reggie também falou sobre os planos da Nintendo para entrar no mercado mobile e seu primeiro aplicativo, o Miitomo.

Infelizmente, há uma mentalidade simplista lá fora, de que "fazer um jogo do Mario para dispositivos mobile" é uma receita para imprimir dinheiro e não é. Simplismente não é. Essa é a mentalidade habilidosa vem de Kyoto, e nós diz que qualquer coisa que precisamos fazer, precisa ser uma experiência maravilhosa para os consumidores.
Nós sabemos que o Mario e sua habilidade de correr e saltar, se transformar usando diferentes itens, foi criada para ser utilizada em controles que não existem para smartphones. E é por isso que para nós, não é algo tão simples como pegar jogos que já existem e portar-los para smartphones como se essa fosse a resposta. Nossa resposta é criar novas experiências que irão utilizar o que os dispositivos mobile tem de melhor.

No mesmo dia também foi revelado que o Wii U agora já vendeu oficialmente mais de 11 milhões de unidades em todo o mundo desde seu lançamento em 2012! A confirmação veio do VGChartz, que divulgou que o Wii U já tem um total de 11.4 milhões de unidades vendidas em todo o mundo!

SÁBADO (12/12):
No sábado, a Pokémon Company anunciou oficialmente o Pokémon Volcanion. O Pokémon, que é do tipo Fogo e Água, foi revelado oficialmente na última edição da revista japonesa CoroCoro, onde é dito que ele tem um poder incrível, e que dos seus braços saem jatos de vapor. Ele também irá aparecer no próximo filme da franquia, que será lançado em 2016, onde um dos lendários de X e Y, Zygarde, também aparecerá. É possível que uma distribuição desse Pokémon seja feita quando o filme for lançado.


No mesmo dia, ficamos sabendo que uma entrevista que o diretor executivo de Xenoblade Chronicles X, Tetsuya Takahashi, deu ao Gamereactor, onde ele falou sobre o que espera para o futuro da franquia e também da sua empresa, além da conexão que eles tem com a Nintendo.
Takahashi disse que a sua visão da Monolith Soft é que a empresa deve fazer jogos que a Nintendo não pode fazer, e ainda acrescentou que Xenoblade Chronicles só existe porque a Monolith Soft foi fundada por ex-funcionários da Square Enix, que combinaram as influências da Square Enix com as influências da própria Nintendo.

O Resumo de hoje termina por aqui, até a próxima semana!
Facebook
0
Google
 
Top