Segundo um aviso deixado pelo fundador do 3DM, um fórum chinês dedicado à criação de medidas para quebrar as proteções anti-pirataria nos jogos, dentro de dois anos, jogos piratas poderão deixar de existir.

Isso tudo graças as tecnologias anti-pirataria que estão sendo implementadas nos jogos mais recentes, e que ainda não conseguiram ser quebradas. A Denuvo, empresa austríaca dedicada ao desenvolvimento de proteções e segurança, é uma das principais responsáveis por isso.

Recentemente, Just Cause 3, lançado com medidas protecionais da Denuvo, não teve suas protações quebradas, mesmo com várias tentativas de hackers. FIFA 16, lançado em Setembro, também usou as medidas de segurança da empresa e ainda não foi desbloqueado.
Facebook
0
Google
 
Top