Olá, seja bem vindo treinador! Aqui é o Gustavo Braz, novo colunista do A Casa do Cogumelo e atual Campeão Ranking VGC15 (Video Game Championships) Brasil na categoria Master. Estou aqui para ajudar e dar umas dicas para sua jornada Pokémon pelo Brasil e Mundo sobre Pokémon World Championship, mas para começar, vamos falar sobre as novidades de 2016!

Para começar vamos falar das novas regras para o Campeonato Mundial de Pokémon 2016 que será realizado em São Francisco nos EUA. Todas as batalhas serão no formato Double, usando os jogos Pokémon Omega Ruby e Pokémon Alpha Sapphire. O tempo de cada batalha vai variar em cada tipo de torneio. Para torneios regionais e os outros maiores, as batalhas terão 15 minutos de duração, com 45 segundos para escolher a ação do turno e 90 segundos de team preview


Os Pokémon transferidos de gerações passadas via Poké Transporter serão banidos, ou seja, só poderão ser usados os Pokémon que possuem o pentágono azul (nascidos/capturados em Kalos/Hoenn). Além disso, os seguintes Pokémon estão banidos: Mew, Celebi, Jirachi, Deoxys, Phione, Manaphy, Darkrai, Shaymin, Arceus, Victini, Keldeo, Meloetta, Genesect, Diancie e Hoopa. Cada time poderá ter até dois Guardiões em seu time, sendo eles: Mewtwo, Lugia, Ho-oh, Kyogre, Groudon, Rayquaza, Dialga, Palkia, Giratina, Reshiram, Zekrom, Kyurem, Xerneas, Yveltal e Zygarde. Todos os itens estão permitidos, exceto o item Soul Dew da Latias e Latios. Cada Pokémon deve segurar um item diferente sem repetir.


A temporada do Pokémon World Championship segue o padrão do Hemisfério Norte. Por exemplo, a Temporada 2015 começou em Setembro 2014 e encerrou em Julho 2015. A novidade foi a entrada da América Latina no circuito mundial, onde os 18 primeiros da Categoria Master receberam o convite para o torneio. 

Nesse caso, fiquei em 9º lugar, ganhando seis Premier Challenges no Brasil e um vice-campeonato no Regional da Argentina. Então, me tornei o primeiro brasileiro que participou do Pokémon World Championship na categoria de  Video Game. Os torneios que valem CP (Champion Points), que permitem que você possa se classificar no Mundial, são os Premier Challenges, Regionais e Nacionais. No caso da America Latina, só temos Premier Challenges e Regionais.

O grande problema, é que os torneios Premier Challenge são mal divulgados nas redes sociais, porém, eu mesmo resolvi ajudar os brasileiros com a criação do Pokémon VGC Brasil, para facilitar a divulgação e tentar criar um torneio Regional por aqui. O Brasil não tem autorização desse torneio por causa da baixa frequência de jogadores. A média de jogadores nas Premier Challenges não passa de 15, sendo que pra fazer um Regional, os professores teriam que ter torneios com no mínimo 50 jogadores. O número de professores aumentou na Temporada 2016 desde a minha ida ao Mundial, pois abri portas e esperança para outros jogadores.


A Pokémon Company também deu um presente para a gente. Agora, a classificação Mundial 2016 para a America Latina não precisa mais ser Top 18, basta apenas juntar os 150 CP pra garantir o convite pro primeiro dia de competições. Os quatro melhores jogadores da América Latina ganham convite com viagem paga pro evento. Com isso, com cinco vitórias em Premier Challenges, o jogador já ganha um convite pro mundial.

Então por hoje só pessoal! Em nosso próximo encontro, estarei apresentando um manual para os brasileiros começarem a sua jornada Pokémon rumo ao Mundial 2016 em São Francisco nos Estados Unidos. Fiquem ligados nas novidades da Pokémon Company em seu site: http://www.pokemon.com/us/.
Facebook
0
Google
 
Top