A edição deste mês da Retro Gamer traz uma seção de entrevistas com ex-funcionários da Rare, estúdio responsável pelo desenvolvimento de Donkey Kong Country. Eles comentaram sobre a relação do estúdio com a Nintendo e das sugestões fundamentais que Shigeru Miyamoto cedeu na criação do título.

O ex-designer da Rare, Chris Seavor, comentou que o bom relacionamento entre as duas companhias abria espaço para sugestões, ele exemplifica sua declaração revelando que Tim Stamper, um dos fundadores da Rare, foi quem sugeriu a inclusão de jet-skis no game Wave Race 64, já que antes disso a Nintendo pretendia fazer do game uma corrida de barcos.

Outro notável ex-designer da Rare, o desenvolvedor Chris Sutherland, lembra que o movimento Hand Slap de Donkey Kong em Donkey Kong Country, onde o gorila bate com as patas no chão para conseguir itens, também foi ideia de Shigeru Miyamoto. O movimento combinou tão perfeitamente com o personagem que retornou em Donkey Kong Country Returns (Wii), Donkey Kong Country: Tropical Freeze (Wii U), e nos títulos da série Super Smash Bros.

Em setembro no ano passado, o desenvolvedor Gregg Mayles, revelou em seu perfil no Twitter, que icônica gravata do gorila jamais poderia ter existido se não fosse por um desenho enviado via fax por Miayamoto, durante o desenvolvimento do game.

Sem dúvida podemos afirmar que o talento inegável da Rare, aliado aos toques mágicos de Shigeru Miyamoto, contribuíram para o ressurgimento de umas das séries mais amadas e cultuadas da Nintendo.

Fonte
Facebook
1
Google
 
Top