Bem Vindo ao Guia que vai simplificar tudo o que Nintendo apresentou no maior evento de Jogos Eletrônicos do Mundo.

 A apresentação se inicia com Reggie Fils Aime relembrando os atentados ocorridos nos EUA nesse final de semana. "A Nintendo costuma retirar sorrisos dos fãs, mas nessa E3 também queremos compartilhar nossas lágrimas. Me acompanhem por um momento de silêncio" diz Reggie e a tela escurece em sinal de luto.

 Reggie então relembra as grandes inovações que The Legend of Zelda trouxe para os vídeo games e afirma que a série continuará a inovar. Então o Trailer do novo jogo da franquia se inicia, com uma voz clamando para que Link abra os olhos. Ao fim do trailer o título da nova entrada da franquia é revelado "The Legend of Zelda: Breath of the Wild".


 Reggie diz que o vídeo apesar de ser longo mostra apenas uma fração pequena do jogo, trata-se apenas da região de "Plateau", que será a parte demonstrada na E3.

 Zelda então dá lugar a Pokemon, um trailer de Sun & Moon é apresentado e Reggie passa a palavra para Sam e Terry que estão na TreeHouse para entrevistar Junichi Masuda (Produtor) e Shigeru Ohmori (Diretor) e demonstrar o jogo para Nintendo 3DS.

 Sam pergunta sobre o design dos pokemon, do novo continente e dos personagens. Mas logo Terry apanha um 3DS e então inicia-se a primeira demonstração comentada da TreeHouse.

 Diferentemente dos outros jogos da franquia, Sun & Moon terão os próprios personagens andando pelo cenário e não uma versão "chibi" dos mesmos. É possível notar como a câmera se move dinamicamente junto do player. Também foram apresentados Yungoos e Pikipek, dois novos pokemon da região de Alola. Mas a grande novidade fica por conta do novo modo de batalha Battle Royal, onde 4 jogadores batalham entre si podendo atacar qualquer um dos três adversários em seu turno.




 Após um breve intervalo vemos Ed, Bill Trinen(Gerente de Marketing Senior) e Eiji Aonuma (Produtor). Aonuma diz que sabe o quanto os fãs estão ansiosos para ver mais de Zelda, então inicia a demonstração introdutória comentada. Enquanto Bill Trinen joga uma falha acontece, o tempo da demonstração acaba e o jogo se encerra, ele pede desculpas e afirma que isso deveria ter sido desativado.

 Logo de cara podemos perceber a arte baseada em pinturas com guache e animes e um toque mais futurista na série. Sheika Slate (uma espécie de tablet) é o único objeto que Link possui no começo do jogo e que trará funcionalidades para o gamepad, Link encontra baús no quais são encontrados equipamentos que possuem atributos, dando um toque mais forte de RPG ao jogo. O personagem é capaz de escalar montanhas sem nenhum item especial, a custo apenas da estamina (círculo verde a esquerda).

 A interação com o cenário e a liberdade são o que chamam a atenção, Link é capaz de usar itens encontrados no chão, empurrar pedras, colher frutos e derrubar árvores e queimar arbustos em um mundo bastante extenso. Para encerrar Bill Trinen Revela que novos itens da série Zelda serão adicionados ao jogo Miitomo.


 Sam retorna à TreeHouse para fazer uma demonstração de Zelda focando dessa vez na exploração. Mais uma vez a dimensão estonteante do mapa é mostrado. Link possui um "paraglide" para planar no ar e além de uma bomba comum, agora ele possui uma bomba que pode ser controlada remotamente. Um ambiente congelado é avistado, mas logo que Link se aproxima é afetado pelo clima frio e tem vestir um agasalho mais quente para prosseguir.


 Mais uma vez Sam está no palco para mostrar The Legend of Zelda: Breath of the Wild. Esse gameplay cujo foco serão as Shrine of Trials, calabouços que trazem recompensas como os Spirit Orbs e mais diversas habilidades, foi esmiuçado em quatro partes.

 Nessa Shrine of Trial Link adquire a habilidade Magnesis, utilizado pelo Sheika Slate é um imã capaz de movimentar como quiser qualquer material feito de ferro. O tempo inteiro é ressaltado o quanto o jogo trás liberdade na exploração, na estratégia e no combate. Ao utilizar da nova habilidade para resolver seus problemas e completar a Shrine, Link ganha um Spirit Orb do sábio que a guarda.


 Ed vai ao palco para explorar um pouco mais as armas e os combates do novo Zelda. Há vários tipos de machados, lanças, espadas, facas, arcos e flechas, assim como escudos e roupas, o peso dessas armas afetam diretamente a velocidade dos ataques de Link. Você também pode usar elementos do cenário para atacar os inimigos, como caixas de abelha, bolas de pedra, troncos de árvore, caixas de ferro.Há comidas para aumentar a vida e também há itens para recuperá-la.

 Os animais e inimigos presentes são diferentes durante o dia e a noite, a forma a qual interagem com link também varia. Uns podem ser ariscos e detectá-lo a longas distâncias, outros podem simplesmente ignorar a presença dele. Se Link os atacar no momento certo, o tempo desacelera e ele é capaz de efetuar magníficos combos. Há diversas e diversas formas de combate, pois ,lembre-se, a chave do novo Zelda é a liberdade.


 Agora é a vez dos amiibos, Sam está no palco para mostrar suas funcionalidades no jogo.


 O amiibo do Wolf Link de The Legend of Zelda: Twilight Princess poderá ser usado em Breath of the Wild, após completar a calabouço Cave of Shadows e salvar em seu amiibo você poderá invocar o lobo para te auxiliar em batalhas. Ele possuirá a mesma quantidade de corações de quando você salvou em Twilight Princess e irá desaparecer assim que perder todas as vidas.


 Novos amiibos são anunciados: Archer Link, Rider Link e The Guardian.


 Um pouco da estande é mostrado, com estátuas e decorações de Zelda. Então voltamos para Sam e Ed que entrevistam Shigeru Miyamoto, criador do primeiro Zelda, e conversam sobre as semelhanças entre o primeiro jogo da franquia pra NES e o mais novo para Wii U e NX.

 Eles apontam as conexões entre os jogos de Zelda que estão por toda parte, como o fato de link estar dormindo no começo do jogo, os inimigos, as várias localidades de Hyrule que reaparecem, mas as semelhanças também estão no seu cerne, na exploração e nas descobertas "você simplesmente está ali naquele muito gigante sem saber de nada e completamente perdido, mas aos poucos vai descobrindo quem você é e qual é a sua missão".

 Miyamoto diz que seu papel nesse zelda não foi muito grande, ele cuidou para que a movimentação e a interação com o cenário fosse o mais natural possível. "Foi um trabalho muito bem dividido, todos tiveram papeis importantes e são responsáveis pelo resultado".
 No fim da entrevista Link utiliza um barco, semelhante ao de The Legend of Zelda.


 Mais um pouco da estande é mostrado enquanto o palco era organizado. Voltamos dessa vez com Erick, para a segunda parte da exploração das Shrines of Trials.

 Temos a aparição de Koroks, a utilização de um tronco de arvore, derrubado por link para atravessar um abismo, batalhas com Bokoblins e um calabouço onde a Sheika Slate de link ganha a habilidade Stasis, capaz de parar o tempo para um objeto, tendo de utilizá-la para completar o Trial e receber um Spirit Orb.


 A próxima demonstração é sobre caça e coleta, com a apresentadora Kendra. Eles coletam carne caçando animais e vegetais em meio a vegetação para poder cozinhar. Alimentos cozidos são muito mais vantajosos, por exemplo uma carne crua te dá 1 coração, uma carne assada 1.5 e uma carne cozida 2 corações. Também é possível misturar ingredientes na panela, por exemplo cozinhando um Bokoblin Horn (sem efeitos) com um Restless Cricket (sem efeito) você conseguirá um Energizing Elixir (restaura stamina)


 A seguir vamos para a terceira parte da exploração dos Shrines of Trials, dessa vez o Shrine se encontra em ambiente onde se é muito frio, Link logo é afetado pelo clima mas ao comer uma pimenta ele se aquece e é capaz de prosseguir. Link também é capaz de aquecer próximo à fogueiras segurando tochas, mas ao se afastar ele ainda é afetado pelo frio.

 Nesse Shrine of Trial, o Sheika Slate recebe a habilidade Cryonis e então Link é capaz de criar pilares de gelo na água. Ele usa esse novo poder para abrir passagens, alcançar lugares elevados e se defender de inimigos até completar o Trial e receber um Spirit Orb.


 Sam vai ao pouco junto de Shiko, Bill Trinen e Eiji Aonuma. Somos convidados a ir aos limites de Plateau para observar ainda mais a imensidão do mundo, utilizando marcadores no mapa podemos imaginar o quão grande ele será.

 Ao longo da entrevista Sam pergunta a Aonuma sobre como foi desenvolver a inteligência artificial dos monstros e a interação tão completa entre personagens e cenário num mundo tão grande. Então eles relembram que tudo o que foi mostrado é menos de 2% do jogo.

 No fim do gameplay podemos ver Link utilizando seu escudo como se fosse uma prancha de snowboard, vemos um breve vídeo de exploração fora de Plateau que se encerra numa cena muito parecida com o trailer divulgado durante a E3 de 2014.


 Voltamos para a quarta parte do gameplay das Shrines of Trials. Conheceremos duas novas Shrines que dessa vez não são encontradas em Plateau. São as Shrines mais interessantes para se observar pois ambas são mais complexas que as anteriores e dessa vez Link já possui Magnesis, Cryonis e Stasis e terá que utilizar da sua sabedoria para completar os quebra cabeças das Shrines e conseguir os Spirit Orbs.


 Temos Krysta Yang e Kit Ellis ao palco da TreeHouse para apresentar um Nintendo Minute ao vivo. Batendo papo eles relembram tudo que aconteceu no primeiro dia de E3 da Nintendo sobre Zelda, Pokemon e alguns Nindies que tiveram trailers divuldagos no Youtube no dia anterior. No fim, vemos um recado deixado por Eiji Aonuma


 Assim encerrou-se o primeiro dia de atividades da Nintendo na E3 2016. Vamos fazer uma rápida recapitulação antes de irmos para o segundo dia?


O segundo dia se inicia novamente com Pokemon. Bill Trinen vai ao palco acompanhado de desenvolvedores,produtores, tradutores e testadores de Pokemon GO, entre eles estão Tsunekazu Ishihara (CEO da Pokemon Company), Junichi Masuda (produtor), Shigeru Miyamoto (Designer e produtor) e Tatsuo Nomura (produtor).

 Eles relembram que a ideia de Pokemon GO veio de uma brincadeira de 1° de Abril, mas as empresas logo se prontificaram a cooperar para o desenvolvimento oficial. São compartilhadas novas informações sobre Pokemon GO Plus, imagens e vídeos oficiais de gameplay onde é possível ver menus, captura e cenário do jogo.

 Pokemon GO Plus será um acessório para o jogo que se conecta ao smartphone via Bluetooth de baixo consumo, notificará o usuário da presença de pokemon e itens nas proximidades através de vibrações e de um LED e permitirá que os capture e colete sem a necessidade de olhar o telefone. O aparelho estará disponível no fim de julho na América do Norte pelo salgado valor de S34.99 (R$120).


 Após o intervalo, Ever Oasis é anunciado por Kendra que logo após mostra o gameplay da nova IP sendo produzida pela Grezzo.


Ishii, produtor, diretor e fundador da Grezzo, é apresentado e dá detalhes sobre o jogo. Esse será um RPG de ação e aventura repleto de quebra-cabeças, batalhas em tempo real, exploração e caça ao tesouro para Nintendo 3DS cujo lançamento está agendado para 2017. Os jogadores terão um Oasis como sua base, podendo expandi-la e criar laços com outros personagens, baseados em sementes, conforme o tempo passa. Você poderá se agrupar com esses aliados para resolver quebra-cabeças e batalhar com inimigos.


 Sam vai ao palco para apresentar o gameplay ao vivo de BoxBoxBoy! com J.C e Audrey. Nesse novo jogo o jogador poderá criar dois conjuntos de caixas dando um tom muito mais complexo que o game anterior, esta será a sequência direta do jogo BoxBoy! para Nintendo 3DS, mas poderá ser jogado por quem não jogou o anterior sem grandes problemas.

 Seu lançamento esta marcado para 30 de Junho e para celebrar, o primeiro joga da franquia está com desconto de 40% na e-shop podendo ser aumentado para 50% se você for um membro do My Nintendo.


 Mais um jogo novo é revelado para Nintendo 3DS, Mario Party Star Rush. Kendra, J.C e Audrey estão no palco para fazer o gameplay ao vivo dessa novidade.  O novo Mario Party está mais rápido, o que o tornou mais acessível para os portáteis. Há um novo modo principal "Toad Scramble", onde os 4 jogadores podem se movimentar livremente no mapa utilizando Toads coloridos e encontrando os outros personagens da série, ao encontrar 3 eles passam a o ajudar. Assim os jogadores jogam os dados ao mesmo tempo, o que acelera o tempo de espera para que cada jogador jogasse o dado anteriormente.


 A data de lançamento será no dia 4 de Novembro. Aliado a isso tivemos o anúncio de novos amiibos da série Mario, que incluem Daisy, Waluigi, Boo (brilha no escuro!), New Wario, Rosalina, Donkey Kong e Diddy Kong todos compatíveis com Mario Party Star Rush.


 Sam volta com um convidado especial e mais um jogo para Nintendo 3DS é anunciado! Trata-se da sequência deYo-kai Watch que será dividido em dois jogos: Yo-kai Watch 2: Bony Spirits e Yo-kai Watch 2: Fleshy Souls. Assista ao trailer:


 O convidado especial é Akahiro Hino CEO, presidente e fundador da Level-5 que está lá para comentar sobre o novo jogo enquanto um gameplay é apresentado. Os jogadores embarcarão numa aventura em Springdale e através do tempo, com mais de 350 yo-kai. Você voltará 60 anos no tempo ao se aliar a um gato chamado Hovernyan e descobrir a origem do Yo-kai Watch. Há um modo cooperativo em que 4 jogadores se divertem juntos e obtêm recompensas que poderão ser usadas no modo single-player . O jogo sairá no dia 30 de Setembro desse ano.


 J.C leva alguns membros da equipe de Monster Hunter Generations ao palco da TreeHouse para falar sobre esse novo jogo para Nintendo 3DS e então um trailer é apresentado:


 Entre as novidades apresentadas é dito que uma Demo do jogo estará disponível na eshop dia 30 de Junho com os modos single-player e co-op local e online. Aqueles que possuem um save de Monster Hunter 4 Ultimate no sistema ganharão um pacote de itens exclusivos!

 Durante o gameplay podemos observar o modo cooperativo, novos monstros, cenário, armas.


 Kendra vai ao palco com a equipe que está desenvolvendo a remasterização de Dragon Quest VII: Fragments of the forgotten past. As novidades dessa remasterização vão além dos gráficos renovados, houve uma completa retradução, localização e adição de novas funcionalidades como compartilhar Traveler's Tablet via StreetPass que garante acesso a dungeons especiais e recompensas.


 Para quem não conhece, o jogo se trata de um RPG com batalhas em turnos cuja história se trata de um jovem garoto e seus amigos numa jornada para retornar a glória e restaurar ilhas seladas do mundo. O game sai 16 de Setembro no ocidente.


  Dragon Quest dá lugar para o Wii U com o gameplay de Tokyo Mirage Sessions #FE, agora sendo apresentado por Erick e jogado por Kendra e Audrey que estão bem entusiasmadas para jogar o JRPG Cross-over entre Shin Megami Tensei e Fire Emblem, desenvolvido pela Atlus.

 Kendra dá alguns detalhes sobre a história e funcionalidades como dungeons, batalhas e itens. Mas o gameplay não trás grandes novidades para quem já conhece o jogo que já foi lançado no Japão e sairá no ocidente em uma semana no dia 24 de Junho.


 Temos então mais um lançamento para Wii U, sendo apresentado por J.C e jogado por Erick que nos contará um pouco sobre a mecânica, a história e nos introduzirá a este novo jogo que até o momento não se tinha muitas informações. Mas antes veja o novo trailer divulgado no canal da Nintendo no Youtube:


 A história começa quando Mario e seus amigos chegam à Prism Island, para ajudar Toad que perdeu sua cor eles precisam resolver um mistério. Mario e seu novo parceiro Huey unem forças para entender o que está acontecendo na ilha e também coletar "Paint Star" perdidas. Pela primeira vez em Paper Mario o Koopalings aparecem

  O jogador usará o Gamepad do Wii U para "cortar" partes do cenário e auxiliá-lo na conclusão de Quebra-cabeças. Paper Mario: Color Splash tem seu lançamento está agendado para 7 Outubro.  A mecânica de batalha também é muito interessante, criando ataques pela junção de cartas, você poderá observar com mais detalhes na demonstração:


 Após o intervalo, houve um Gameplay de 20 minutos de The Legend of Zelda: Breath of the Wild sem grandes novidades, o qual a Nintendo não disponibilizou separadamente no seu canal do Youtube.

 Então, Rhythm Heaven Megamix é anunciado pra Nintendo 3DS. Temos Sam jogando com J.C e Erick apresentando, O jogo contará com 100 minigames de ritmo, dos quais 30 são novos na série. Pela primeira vez ele contará com uma história contínua.

 A tela de cima do 3DS exibe a ação enquanto a de baixo o quão bem você está indo. O jogo oferece suporte a StreetPass e um modo multiplayer para 4 jogadores.

 O lançamento aconteceu logo após a demonstração, portanto já é possível comprá-lo na e-shop. Há também dois novos temas e uma Demo gratuita.


 Todos os apresentadores e tradutores vão ao palco para comemorar o sucesso da TreeHouse esse ano. Sam agradece a toda a equipe que colaborou, a Nintendo e a todos que assistiram o evento.

 Temos Krysta Yang Kit Ellis o palco da TreeHouse, como no dia anterior, para apresentar um Nintendo Minute ao vivo. Eles relembram e comentam cada anúncio feito no dia e exploram a estande mostrando a ambientação e a reação das pessoas ao jogar as demonstrações na estande.

 Krysta e Kit são perguntados sobre quantos Shrines of Trials existem em The Legend of Zelda: Breath of the Wild e Kit responde que há cerca de 100 delas!


 Assim encerramos mais uma E3 cheia de novidades, nos vemos novamente ano que vem!
Facebook
0
Google
 
Top