Se os rumores publicados ontem, pelo site Eurogamer forem reais, já conseguimos ter uma ideia clara de como será o NX, o novo console da Nintendo.

Basicamente, o site dizia que o console seria híbrido, com uma tela imbutida no controle. Ele poderá ser jogado tanto fora de casa quanto plugado em uma televisão. De acordo com especulações mais recentes, o console também terá suporte para jogos mobile Ao que tudo indica, o sistema interno do aparelho será baseado em um Nvidia Tegra, um chip comumente ultilizado em smartphones. Se for verdade, o NX não conseguirá bater de frente com o Xbox 1 e o Play Station 4 no quesito gráficos.

Muitos fãs e sites elaboraram as vantagens e desvantagens da abordagem escolhida pela Nintendo, e nós da Casa do Cogumelo separamos algumas delas:

Vantagens:

Com a decisão da Nintendo de unir sua plataforma de mesa com a sua plataforma portátil, fazendo com que o NX seja seu único foco, ela conseguirá produzir uma quantidade muito maior de jogos em um tempo menor. Já imaginou franquias populares do 3DS disponíveis também com jogos do Wii U, e tudo isso em uma única plataforma? Mesmo que o NX não consiga muito apoio das third parties, ele conseguirá agradar uma grande fatia dos fãs originais da Nintendo, apenas com os jogos originais da da Big N

De acordo com especulações na Internet, o preço do NX será mais barato do que os consoles rivais, já que terá um hardware mais simples. Para conseguir competir no mercado, a Nintendo precisará de um preço acessível aos consumidores. Vale lembrar que um dos maiores erros do Wii U foi o preço que não correspondia com o que o console oferecia, e a Big N está determinada a não cometer esse mesmo erro novamente. Se isso realmente for verdade, isso poderá ser uma grande vitória para o NX.

"Leve seus jogos com você e siga em frente". O console traz consigo uma mensagem simples e fácil. Diferentemente do Wii U, no qual muitas pessoas se perguntaram qual era o propósito do console, o NX parece ser uma venda fácil de início, com propósitos simplificados.

Desvantagens:

A Nvidia chegou a desenvolver uma série de produtos no ano de 2013 para mostrar ao público a eficássia de seu chip Tegra X1, e entre esses produtos, ela desenvolveu um tablet de sua própria autoria. Com a suposta parceria entre a Nvidia e Nintendo para o desenvolvimento do NX e a decisão da Nintendo de fazer o console rodar jogos mobile, é possível que a versão portátil do NX seja parecida em alguns aspectos com esse tablet da Nvidia. Porém, ao fazer isso, a Nintendo estaria desencadeando várias concorrentes novas para NX, como as desenvolvedoras de aparelhos smartphones. Muitas pessoas não iriam ver vantagem em comprar um produto que, em sua versão alternativa( que é considerada a grande novidade do NX ) se equivale ou é até pior que tablets e smartphones, que estão sempre se atualizando e se modernizando e lhe permitem usufruir uma vasta gama de aplicativos.

Há vários momentos em que, nós passamos horas e horas jogando algum jogo viciante no celular ou no tablet, correto? Porém, a experiência que você tem jogando jogos como Flappy Bird, Head Soccer ou Angry Birds não é a mesma quando você se joga, por exemplo, direto de sua televisão. Da mesma forma que a gameplay de jogos como GTA 5, que foram direcionados para um console com um maior hardware, não rodará da mesma forma em portáteis. O jogo provavelmente terá que ser simplificado para uma versão portátil, processo que pode afastar muitas third parties por aí, já que elas terão trabalho em dobro para desenvolver o jogo.
Como visto anteriormente, a Nintendo já desenvolveu um console com uma temática parecida com a do NX, o Micro vs System. O console foi um fracasso de vendas, e parece que a Nintendo quer dar uma segunda chance a ele com o projeto NX. Ela não está investindo em algo novo, e sim em uma remasterização com com alguns aspectos novos e mais modernos. O ponto é o seguinte: porque investir em algo que deu errado no passado? Me parece uma jogada arriscada a se fazer.

Lembrando que tudo que foi citado aqui foi baseado em especulações. Ao mesmo tempo que tudo isso pode ser real, essas informações podem não passar de boatos. É importante ressaltar também que algumas desvantagens mostradas aqui podem ser interpretadas como vantagens, varia de pessoa em pessoa.

E vocês, acham que os pontos positivos compensam os negativos? Comenta aí!

Facebook
0
Google
 
Top