O jogo de realidade aumentada da Nintendo alcançou mais de 65 milhões de usuários nos Estados Unidos em apenas sete dias após o lançamento e já está ajudando restaurantes locais, cafés e pequenos varejistas a atrair novos clientes.

O pizza bar L'inizio em Long Island, em Nova York, afirma que suas vendas saltaram 75% no fim de semana pela ativação do recurso "módulo de atração" que atrai personagens Pokémons virtuais para a loja, e assim, chamando atenção dos jogadores próximos. O gerente da loja gastou US$ 10 para ter uma dúzia de personagens Pokémon colocados no local, de acordo com um relatório do New York Post.

Recentemente, um estudante na Austrália descobriu um código de programação dentro do jogo que indica um sistema de patrocínio e citou o nome da rede de fast food McDonalds. A rede não comentou o assunto ou qualquer de seus planos de marketing.

Especialistas em marketing disseram que pequenas empresas podem se voltar cada vez mais para o "Pokémon Go" – e redirecionar alguns dos seus gastos com marketing – à medida que o games atraia uma base maior de usuários.

Com 'Pokémon Go', você está vendo o jogo como uma maneira de passar por cima de um monte de canais digitais (marketing) que as lojas têm confiado nos últimos anos", disse Christophe Jammet, diretor de mídia social e móvel da consultoria DDG em Nova York.

"Não existia uma plataforma social de geolocalização que pode atrair tantas pessoas de uma só vez."

Muitas lojas estão propagando ser "PokeStops", local onde os jogadores podem pegar novas pokébolas e aumentar o seu nível de poder dentro do aplicativo. Especialistas dizem que é apenas uma questão de tempo antes de grandes marcas se juntarem a esse movimento.

Facebook
0
Google
 
Top