No dia 14 de fevereiro de 2005, Starfox Assault foi produzido pela Namco e lançado pela Nintendo. Coincidentemente, o jogo foi lançado no Valentine’s Day, o “dia dos namorados” nos Estados Unidos, e esse jogo explora mais sobre o romance entre Fox e Krystal, que tinham acabado de se conhecerem no jogo anterior, Starfox Adventures. Assault também explora os relacionamentos entre outros  personagens como nunca antes, mas volta às raízes da série, já que Adventures foi um RPG, algo que não agradou muitos fãs.

Um ano se passou...

Os eventos de Assault ocorrem um ano após o final de Adventures. Ao contrário dos jogos anteriores, o inimigo principal não é mais um cientista maluco, já que Andross está finalmente morto, e esta vez sem cópias, como ocorreu tanto no mangá “Farewell, Beloved Falco” quanto em Starfox Adventures. A nova ameaça são Aparoids, uma raça de criaturas eletrônicas que acreditam que eles devem dominar Lylat. Para conseguir seus objetivos, eles infectam diversos personagens, transformando-os também em Aparoids. Os Aparoids também conseguem usar informações sobre a história de vida dos personagens para influenciar eles fazer parte de sua “turma”, seja via personagens infectados, ou os próprios Aparoids.
A equipe Starfox terá como objetivo derrotar os Aparoids, e devolver a paz novamente a Lylat.

"A Nossa História"

Assault foi o primeiro jogo a dar detalhes mais profundos sobre a história dos personagens. Além de explicar sobre os acontecimentos entre personagens, Assault também introduz novos personagens. Pela primeira vez, conhecemos o pai de Slippy, o brilhante professor Beltino Toad, que dá apoio á equipe Starfox do início ao fim do jogo. Também conhecemos o mulherengo Panther Caruso, o novo membro da equipe Starwolf, que promete causar muita confusão. Também vemos retorno de alguns personagens, como General Pepper, Pigma Dengar, Andrew Oikonney, e até mesmo um cameo de James McCloud, que foi usado pela Aparoid Queen para tentar iludir Fox a ser infectado.


“E a lua de mel?”



Existem algumas suspeitas que Fox e Krystal iniciaram uma relação após os eventos de Adventures. Uma das evidências óbvias no jogo é o momento em que o casal está em Sauria, e Tricky afirma que “cuidaria de Sauria para que os dois pudessem voltar na lua de mel”. Não há nada que pode confirmar se Fox e Krystal eram noivos ou não, mas o comentário de Tricky nos faz perguntar qual era a intenção dos dois após os eventos de Assault, e também acende a esperança que eles foram feito um para o outro, e que até mesmo “reboots” como Zero não podem separar este casalzinho escrito nas estrelas.

Lições para Jogos Futuros

Mesmo com os pequenos defeitos, Starfox Assault foi um jogo muito bem recebido. Sendo um dos primeiros jogos a “cavar mais profundamente” na série, ele é uma boa referência para o que um jogo da série do Starfox deve ser. Tanto é que um ano depois, Command, o primeiro jogo da série a ser produzido para um console portátil, aprofunda ainda mais na história de Lylat.

Esperamos que os próximos produtores de jogos do Starfox possam usar Assault como uma lição de como se fazer um jogo agradável e incrível, e que veremos jogos como o Assault no Switch.


Facebook
0
Google
 
Top