HISTÓRIA ORIGINAL: Desde que os relatórios começaram a circular que Nintendo e Nvidia estavam trabalhando juntos em um novo console tem havido uma especulação desenfreada sobre exatamente que tipo de chipset acompanharia o Switch. Quando a Eurogamer publicou o seu relatório no ano passado, assumiu de forma otimista que a Nvidia estaria fornecendo seu mais recente processador Tegra à Nintendo, talvez com base em sua nova arquitetura Pascal, e não o Tegra X1 já existente, que já havia sido visto no Nvidia Shield Android TV, lançado em 2015.

A Eurogamer já desenterrou mais informações sugerindo que o X1 é de fato o chip que está sendo usado, e agora o ARM que fornece as CPUs Cortex usadas nos chipsets da Nvidia aparentemente confirmou esses relatórios:
Atualização: A ARM removeu o post e destacou que não era uma declaração oficial.
Por mais que seja fornecedor de componentes para a Nvidia estes detalhes de especificação postados podem não ser inteiramente corretos, mas por enquanto parece que os detalhes e especificações da tecnologia da CPU/GPU do Switch continuaram não confirmados.

Caso você não saiba as especificações, o Tegra X1 possui oito núcleos, 4 Cortex-A57 e mais 4 Cortex-A53, cada um funcionando à 2GHz. Embora seja muito provável que o processador do Switch apresente algumas personalizações sobre o Tegra X1 .

O que você achou dos detalhes do possível processador do Nintendo Switch?

Facebook
0
Google
 
Top