A revista TIME publicou uma entrevista com o diretor Shinya Takahashi e o produtor do Switch Yoshiaki Koizumi, com Koizumi-san sendo reconhecido por seu papel principal apresentando o conceito e o Joy-Con na apresentação de janeiro em Tóquio.

As resposta mais interessantes são relacionadas com a natureza híbrida do Switch, e como atenderá expectativas diferentes dependendo do jogador.
Takahashi-san: Nós projetamos o Nintendo Switch de forma que ele possa ser usado da maneira que melhor se adapte ao consumidor. Acho que as pessoas que compraram um console doméstico da Nintendo, podem tratar o Switch como um novo console doméstico.Considerando as pessoas que jogam nos portáteis da Nintendo, podem comprar Nintendo Switch e por exemplo, podem usar como uma nova versão atualizada de console portátil. Você também pode tirar o Joy-Con do Switch, então eu acho que deixa aberta a possibilidade de algo mais. Há obviamente um monte de possibilidades diferentes a partir dessa perspectiva.
Koizumi-san: Nós esperando que o Nintendo Switch seja constante em sua vida. Considerando que anteriormente, você iria jogar certas coisas em seu console doméstico e certas coisas no console portátil. Nossa esperança é que Nintendo Switch possa ser uma ponte entre ambos e se torne o console que você estará sempre usando. Tenho certeza que você está muito ocupado, eu estou muito ocupado e talvez não tenhamos tanto tempo para jogar como gostaríamos. Mas a minha esperança é que, com o Nintendo Switch sendo um sistema que você possa jogar em casa e fora dela, vamos poder encontrar mais momentos em que podemos jogar os jogos que todos nós gostamos e ser capazes de apreciá-lo muito mais.
Os dois gerentes seniores também abordaram sobre o conceito versus visão de poder gráfico que sempre ronda todos os hardwares da Nintendo. Sem surpresas, eles discutem como os recursos do sistema ajudam os jogadores a se conectarem aos jogos de novas maneiras.
Takahashi-san: Você está fazendo esta pergunta para duas pessoas da Nintendo que vêm da produção de arte e da produção de computação gráfica. Nós tendemos a estar entre os que discordam agressivamente quando se trata de gráficos dentro da empresa. Dito isto, como mencionamos antes, na Nintendo nós sentimos que somos uma empresa de entretenimento ao invés de necessariamente desenvolvedora de  jogos ou uma empresa de produção gráfica. Nossa prioridade é sempre tentar criar formas novas e divertidas de entretenimento. Essa é a principal prioridade.Certamente, a qualidade gráfica cai dentro de nossa prioridade, mas a nossa sensação é que a Nintendo Switch é um sistema que realmente tem o melhor equilíbrio de ao ser capaz de criar diversão e novas formas de jogar, mas fazendo isso com a qualidade gráfica que ainda é boa o suficiente, sendo também de fácil desenvolvimento.
Koizumi-san: Gráficos e taxa de quadros são importantes em termos de como você está se conectando ou como você está direcionando o coração do jogador que está imerso nesse mundo. O Nintendo Switch tem algo a mais que pode se conectar com esse jogador na forma do HD Rumble, onde você pode estar imerso nesse mundo, mas você pode realmente sentir em suas mãos a sensação de algo desse mundo, algo que acrescenta uma nova camada de imersão junto com os gráficos e a taxa de quadros.Quando você olha para o pacote total de ferramentas que o Nintendo Switch possui para ajudar a trazer esses mundos para a vida, você vai descobrir algumas maneiras únicas de se conectar com o jogo de modo que não experimentou antes.
Certamente o Nintendo Switch será um console único, vamos aguardar o lançamento para poder experimentar todas as funcionalidade, e que os desenvolvedores aproveitem toda a facilidade de desenvolvimento para o Switch.

Facebook
0
Google
 
Top