Olá pessoal, gostaria de apresentar a vocês a nossa nova coluna que se chamará Pokédex, nela falaremos sobre todos os mais de 800 monstrinhos que existem no mundo de Pokémon, mostrando curiosidades, histórico no competitivo, detalhes da sua criação, comentando sobre suas participações no anime e nos mangás também, ainda dando brevemente uma opinião pessoal sobre o assunto. A ideia é que falemos sobre uma linha evolucionária a cada semana, ou seja desta vez falaremos do Bulbasaur e todas suas evoluções. Além disso sempre que entrarmos em uma nova geração eu vou fazer um breve resumo do contexto histórico dela, tal como percepção do público, recepção do mercado, variações no competitivos e afins; por fim dado ao fato de conter algumas opiniões pessoais, me permitirei eventualmente utilizar a primeira pessoa no texto, então sem mais delongas vamos começar.

Geração I - A Origem de Tudo


A primeira geração de Pokémon data de 1996, 21 anos atrás, lançada para o Gameboy com uma proposta relativamente inovadora para um RPG, ao invés de matar os monstros que se põe em seu caminho, poderíamos capturá-los para ficar ainda mais poderosos. É interessante notar que durante a geração I, antes do anime e de Pokémon Yellow, o conceito de amizade entre os monstros de bolso e seu treinador era pouco explorados no jogo, inclusive o Pokémon Fan Club, uma instituição dentro do  jogo, funcionava mais como uma piada do que como algo sério, embora já se falasse de que o respeito aos seus Pokémons era o que levava o treinador a vitória.

No mundo competitivo 2 tipos eram imbatíveis, Psíquicos e Dragões, e talvez por esse desbalanceamento ser tão aparente, ambos os tipos tinham poucos representantes com o segundo tendo apenas uma família representado-os. Além disso o tipo Normal estava no auge da sua forma, pois o Hyper Beam não exigia o turno de recarga se derrotasse o oponente, e na época ainda não havia a divisão entre ataques físicos e especiais. Para completar o crítico era baseado em velocidade, então um Persian com o move Slash era uma máquina de matar sem igual.

Nas mídias o anime deu seus primeiros passos e conquistou o mundo, tornando Pokémon uma marca global, e talvez o objeto da cultura pop da década de 90 mais influente. Tivemos quatro mangás originários dessa geração, incluindo o mais importante (e também o qual iremos nos focar) e ainda publicado Pokémon Adventures (Pokémon Special no Japão).

001 - Bulbasaur   - Grass/Poison

Temos então a nossa primeira criatura, Bulbasaur, que serve como uma excelente introdução para o mundo de Pokémon - ele não é nenhum ser vivo específico imediatamente reconhecível, é um animal e uma planta ao mesmo tempo, lembra um dinossauro e possui dois tipos - talvez por isso ele seja o primeiro na National Dex. Bulbasaur é o "Pokémon Semente" e viria a pavimentar o caminho para duas recorrências no mundo Pokémon, um "monstro planta" que é capaz de realizar ingestão/digestão e ao mesmo tempo fotossíntese, ambas ações vistas no anime e mangá, e a combinação de Grass e Poison, passos que muitas outros pokemons seguiriam. Por outro lado, o elemento Poison pouco foi utilizado no Bulbasaur, já o único movimento de veneno utilizado por ele é Poison Powder.

Além de ser um dos iniciais da geração I, muito da popularidade do Bulbasaur vem da sua participação no anime, sendo introduzido no episódio 10 "Bulbassaur e a Vila Escondida", depois de uma breve aparição no primeiro capítulo. Com o nome de Bulbassauro (em um momento de genialidade da dublagem brasileira) ele ocupava posição de destaque na equipe de Ash sendo, talvez, ao lado de Pikachu um dos membros mais leais, encapsulando totalmente o espírito samurai japonês, que para quem não sabe significa em tradução livre "aquele que protege".

Além de leal o Bulbasaur de Ash era bastante teimoso se recusando a evoluir durante o episódio "O Jardim Misterioso de Bulbasaur" afim de manter sua honra como Bulbasaur. Ele ainda ficou na equipe, participando ativamente do anime, até o episódio 224, durante a saga Johto, quando passou a ficar com o Professor Carvalho (Oak) atuando como embaixador entre dois grupos de Pokémon. Durante a saga Advance e na série XY(Z) May e Shauna, respectivamente, tiveram Bulbasaurs mas estes nunca chegaram aos pés do original, embora tenha sido bom ver o pequeno inicial de grama depois de tanto tempo sem dar as caras no anime.
Saur em sua primeira aparição no mangá

No Mangá Pokémon Adventures, Saur, o Bulbasaur de Red, possui personalidade similar, sendo bastante prestativo, com atuação fundamental nas batalhas contra Surge e Zapdos; ainda hoje, gerações mais tarde, Saur é um membro atuante da equipe de Red.

Bulbassaur é realmente adorável e é difícil encontrar algum fã que não goste dele, a combinação de cores dos olhos e do resto do corpo é muito legal e tanto sua representação no mangá como no anime são dignas de nota, sendo poucos Pokémons que recebem um tratamento tão bacana das mídias externas aos jogos. Apenas para complementar, seu nome é a junção de Bulb (bulbo) com Saur, sufixo comummente associado a repteis pré históricos, mas na verdade esse não era difícil de se adivinhar.

002 - Ivysaur  -  Grass/Poison



Ivysaur é a primeira forma do meio na Pokedex, e a verdade é que essas formas no meio do caminho nunca atingem a popularidade que seus antecessores e sucessores alcançam, isso porque, nos jogos você conhece a forma inicial, que tem o apelo de ser bonitinha, passa pela forma do meio rapidamente buscando chegar logo a forma final que é muito mais poderosa. Isso se reflete também no anime com os iniciais nem sempre evoluindo, ou quando evoluem geralmente passam logo pra forma final, com uma exceção na sexta geração (ainda chegaremos lá).

Ivysaur por outro lado foi agraciado com uma surpreendente participação como lutador em Super Smash Bros. Brawl (Wii), no qual era um dos monstrinhos do personagem Pokémon Trainer. Isso é o máximo que pode ser dito sobre seus 21 anos de história, não muito impressionantes, mas melhor do que quase todas as outras formas do meio. Ivysaur, assim como Bulbasaur, encapsula com perfeição o que é ser um Pokémon, e ele representa o aspecto da evolução muito bem; parecendo mais poderoso, ligeiramente maior e ainda assim sendo uma evolução clara do design do seu antecessor. Na verdade todo o tema do bulbo abrindo e virando uma flor mostra o quão inspirada a Gamefreak estava quando criou essa família.

Por outro lado esse design quase foi destruído, considerando que ele quase se
Sério Gamefreak? Bípede?
transformou em um bípede na época de Red e Blue como podemos ver no sprite frontal dele nessa época. Para ser bem sincero, até a quinta geração todas as artes dele no jogo variavam muito e as vezes a flor nas costas ficava pequena demais, difícil entender como demoraram tanto para acertar justamente com ele já que haviam tantos outros designs mais complexos.

No anime Ivysaur é severamente ignorado, suas únicas participações na saga original são no já mencionado episódio "O Jardim Misterioso de Bulbasaur", mostrando os Bulbasaurs evoluindo e quando uma treinadora chamada Assunta (eu posso jurar que ela foi chamada de outra forma na dublagem nacional) derrotou Ritchie, o primeiro grande rival de Ash, no final da Liga Indigo. O Bulbasaur de May "ignorou"  essa etapa e eventualmente reapareceu como um Venusaur, pobre Ivysaur.

Em Pokémon Adventures, Saur, ficou tão pouco tempo nesse estágio que nem dá para dar muita atenção, anos mais tarde Emerald utilizou um através de aluguel, mas fora essas duas participações nada de importante aconteceu, o que é uma pena porque francamente enquanto Charmeleon e Wartortle são muito estranhos em relação a sua evolução e pré evolução, Ivysaur parece ter tido um planejamento imenso, mas não há muito o que fazer já que ele é apenas um estágio transitório. Ah e Ivysaur é composto por "Ivy", que é uma era trepadeira + "Saur" que é o mesmo sufixo já utilizado pelo Bulbasaur, formando um nome bem simples também.

003 -  Venusaur -  Grass/Poison
 
Como dito anteriormente a linha evolutiva do Bulbasaur encapsula totalmente a noção do que é ser um Pokémon, então é com um pouco de tristeza que vejo como Venusaur sempre ficou pra trás em popularidade quando se considera os outros iniciais de Kanto. Claro que pra crianças é muito mais fácil se vender uma tartaruga com canhões ou um "dragão" de fogo do que um sapo com uma flor nas costas.  E isso aconteceu pelo menos 15 anos antes de Naruto fazer com que sapos pareçam legais para o público geral, ou pelo menos para o público ligado em anime/mangá.

Entretanto enquanto o Venusaur é muito legal, é fácil de entender quem critica seu design, o olhar de peixe morto e as verrugas na pernas, embora sejam detalhes interessantes, podem detrair no visual geral, dependendo da opinião de quem vê; pelo menos a flor é inquestionavelmente legal e bem detalhada. Curiosamente, não se sabe o porque, mas o modelo dele em Pokémon Stadium era inacreditavelmente bem feito e detalhado, e honestamente com as texturas certas poderia se passar por um modelo feito para o GameCube tranquilamente.

Um modelo tão bem feito que colocaram até vasos sanguíneos
nos olhos...e o que será uma Buttery?

No mundo competitivo Venusaur atingiu sua proeminência anos mais tarde de sua introdução. Se na primeira geração seu funcionamento era Sleep Powder mais algum movimento de ataque ou Swords Dance, na quinta geração, durante a era de ouro dos times que utilizavam vantagem climática, Venusaur se destacou como portador da habilidade chlorophyll, cuja ação é dobrar a velocidade enquanto o sol estiver presente no campo de batalha. É sempre muito satisfatório ver um monstrinho da primeira geração continuar atuante no competitivo, mas isso é ainda mais legal quando ocorre com um inicial. O poderio dele só aumentou na sexta geração com a mega evolução, mas sobre ela falaremos em breve.

No anime Venusaur não foi muito marcante, ele apareceu no já mencionado episódio "O Jardim Misterioso de Bulbasaur" - que parando para pensar é um nome muito idiota já que o dono do jardim na verdade era o Venusaur - no primeiro filme de Pokémon, e mais recentemente sob o comando de Spencer - derrotando o Heracross de Ash - e o também já mencionado Bulbasaur de May que eventualmente apareceu evoluído como Venusaur.

Por outro lado, no mangá, Saur, do Red, sempre foi um monstro forte, mas na forma de Venusaur ele era quase imbatível, aliado ao inicial do rival Blue, ele derrotou Zapdos, Moltres e Articuno fundidos e pra ser bem sincero, se o Saur não dá conta do recado dificilmente outro Pokémon tem chance. Vale ressaltar ainda que a linha evolutiva do Bulbasaur, foi ignorada na adaptação em anime Pokémon Origins, uma pena mas não havia muito a ser feito, já que ele não estava na capa de Red e Blue.

Para completar o nome Venusaur pode ser visto de duas formas, Venus, em referência a planta carnívora de nome igual, somado a Saur, ou Venom e Saur. Nenhum dos dois tem a inteligência e simplicidade do nome Bulbasaur, mas pelo menos a sonoridade é boa.

003 - Mega Venusaur - Grass/Poison


Mega Venusaur tem a honra de ser a primeira mega evolução na Pokedex, embora definitivamente ele não será a primeira que os jogadores terão contato na sexta geração, e seu design é um tanto quanto decepcionante. O visual dos iniciais da primeira geração é muito icônico e talvez por isso a Gamefreak tenha ousado pouco com eles, mas no caso do Venusaur isso é extremo demais. A flor de suas costas tem um ligeiro crescimento e agora ele tem uma segunda flor na testa... O resultado final não é ruim, afinal ele é mais imponente que sua versão normal mas, ao meu ver, poderiam ter feito mais; na verdade é uma pena que a aparência da Mega não seja sua aparência normal, pois falta o impacto de uma "super evolução".

Se por um lado Mega Venusaur é relativamente apagado em termos de visual no competitivo o oposto acontece, a sexta geração trouxe fim a era de ouro dos times climáticos, mas Venusaur não sentiu a perda, afinal em sua mega forma ele recebe Thick Fat, uma habilidade que reduz pela metade o dano recebido por Fire e Ice, juntando isso a Giga Drain, Synthesis e defesas sólidas faz com que Mega Venusaur seja difícil de ser abatido.


Bom então isso conclui a nossa primeira Pokédex, foi bastante trabalhoso mas espero que vocês curtam a leitura e com sorte eu coloquei uma informação ou outra que vocês ainda não sabiam. Até a próxima pessoal.
Facebook
0
Google
 
Top