A natureza do hardware do Switch faz com que ele seja abordado de diferentes maneiras pelos desenvolvedores. Para a EA, o console é mais visto como um portátil do que como console de mesa. E foi exatamente essa visão que a motivou a trazer FIFA 2018 para o Switch, uma iteração feita sob medida que supostamente será a versão mais avançada da série para console portátil. Até um certo ponto, a Bethesda adotou uma abordagem similar no seu último trailer de Skyrim para o Switch, embora a mensagem não tenha sido tão contundente quanto ao da EA.

A EA está com toda certeza satisfeita em trazer novamente essa abordagem a público e afirma que está monitorando os níveis de sucesso do Switch, e considerando mais projetos. A vice-presidente executiva da EA, Laura Miele, disse recentemente, à Games Industry:

FIFA é a nossa maior franquia, de modo que a oferta e a pegada expansiva que FIFA tem em todo o mundo ajudarão a conectar o hardware do Switch aos jogadores também. Então, eu acho que é uma forte parceria mútua com a Nintendo. Nós adoramos a mobilidade do Switch  e acho que o conteúdo que eles lançaram é muito forte até o momento. Vamos continuar assistindo como o hardware se comporta. Estamos explorando outros produtos. Estamos olhando para outras IP's e o que as conexões de tecnologia precisam para isso.

Miele continuou falando sobre o desenvolvimento de FIFA 2018, tentando mudar o foco para o seu funcionamento de forma diferente, aproveitando a portabilidade do Switch e o seu potencial para o mercado.

Existem diferenças técnicas, sim, mas acho mais importante que existam jogadores diferentes. Quando você tem um jogo que está sendo jogado em movimento, é uma interface diferente, experiência diferente, características diferentes e fluxo diferente, penso, então teria que ser algo como se estivesse jogando em sua sala de estar em uma TV. Portanto, essa consideração para o projeto sempre deve ocorrer para os nossos jogadores. Nós não queremos fazer apenas um port direto do jogo; Queremos ter uma experiência significativa no hardware. Portanto, é tecnologia, design e fluxo dos usuários que estamos considerando enquanto estamos planejando futuros títulos.
Como foi dito, a EA está trazendo ao Switch a sua melhor franquia, que é o FIFA. Apesar de ser diferente dos demais consoles, a versão do Switch tem qualidade e foi bem elogiada na E3. Sabemos que, para que o console agrade o público, ele necessita ser diversificado em jogos, no Wii U praticamente não tinha jogos de esportes, mas agora no Switch nós teremos FIFA 2018 e NBA 2K18, estes são ótimos jogos que estão vindo ao console da Big N e que poderão alavancar ainda mais as suas vendas. E quem sabe em algum momento de 2018 nós sejamos surpreendidos com o anúncio do novo Need for Speed.

Você, caro leitor, está satisfeito com a vinda do FIFA 2018 para o Switch?  Acha que a EA irá lançar mais jogos para o Switch? Quais jogos da empresa você gostaria de ver no console? Deixe seu comentário.


Fonte
Facebook
0
Google
 
Top