Nos últimos meses a Nintendo lançou games como Mario Kart 8 Deluxe para o Switch e também anuncio Pokkén Tournament DX para o console, os dois são versões melhoras com alguns incrementos de suas versões do Wii U. Apesar do Wii U ter sido um console pouquíssimo vendido, podemos dizer que ele com certeza tem uma das melhores bibliotecas de sua geração.

Em uma conversa com o site IGN, Reggie Fils-Aime, presidente da Nintendo of America, disse que suas equipes de desenvolvimento gostariam de levar os seus jogos a mais pessoas, visto que poucas tiveram a oportunidade de jogar no Wii U, mas antes de fazerem isso eles pretendem oferecer algo extra para realmente entusiasmar os jogadores. Ele disse:

As conversas internas que temos é que, por um lado, as equipes de desenvolvimento gostariam de mostrar os seus conteúdos a mais pessoas. O que também é tema de discussão é 'O que é que se pode fazer mais ali?' Ou seja, tomemos como exemplo Mario Kart 8 Deluxe. O game precisava ser a versão definitiva do Mario Kart 8 para entusiasmar os consumidores. Pokkén Tournament com os lutadores adicionais, os Pokémon adicionais, esse era um elemento importante do jogo.

Reggie disse que a Nintendo quer evitar fazer uma simples adaptação para poder seus jogos a um maior número de pessoas. Pretendemos fazer algo a mais para que seja algo único e dessa forma entusiasmar tanto os jogadores novos como os mais velhos. Ele continua:

Trata-se de 'como podemos fazer algo mais? Como podemos fazer algo útil? Como usamos uma franquia e fazemos com que ela seja vibrante e que alcance mais pessoas?' Esse é o foco. Por isso quando você ver algo como Metroid: Samus Returns, não imagine que é um simples remake. Adicionamos mais, adicionamos elementos para expandir a franquia Metroid e para torná-la mais acessível e vibrante. É desta forma que pensamos sobre as nossas diferentes franquias.

É muito bom saber que a Nintendo tem este pensamento e que pretende sempre trazer o melhor e inovar em games que já pareciam obras primas.
Facebook
0
Google
 
Top