A Credit Suisse (famosa instituição do mercado financeiro) atualizou sua previsão de vendas do Nintendo Switch e classificou os estoques da Nintendo como “a superar”, sendo que a classificação anterior era “neutra”.

Antes, a instituição teria previsto 70 milhões de unidades vendidas até 2022. O que já era uma excelente previsão, mas pelo visto ela foi reavaliada para 130 milhões (um aumento de quase 50% em relação a avaliação anterior).

O analista da Credit Suisse, Keiichi Yoneshima, afirma que o console – apesar de ser um dispositivo híbrido – venderá mais do que um console portátil durante o seu ciclo de vida, ele diz:

Como o Nintendo Switch era a única plataforma híbrida do mercado, houve no inicio uma certa incerteza em relação ao seu ciclo de vendas, se seria similar a um console de mesa, ou um portátil. Embora o Switch esteja mais próximo de um console de mesa nós esperamos que ele venda como um portátil, pois muitos jogadores estão o utilizando desta maneira, de acordo com uma pesquisa realizada pela Famitsu. 
Anteriormente previmos que o console alcançasse seu pico de vendas em 3 anos (ou seja, em Março de 2019) ao assumirmos que o Nintendo Switch tivesse um ciclo de vendas similar a um console de mesa. Agora que observamos que o console está sendo adquirido pelos consumidores e sendo utilizado mais como um portátil, atualizamos nossas previsões de vendas para refletir um ciclo de vendas mais longo, mais parecido com um portátil. Agora, prevemos que em 5 anos ele alcance o seu pico de vendas e que alcance a marca de 31 milhões de unidades vendidas ao ano no seu “ápice” (a previsão anterior era de 25 milhões).

A corretora também reavaliou os valores das ações da Nintendo de 40.000 para 55.000 Yenes, um ganho de valor de 56% neste ano.

Fonte
Facebook
0
Google
 
Top