O marcador de vidas sempre esteve presente nos jogos principais da franquia Mario, desde o primeiro jogo no NES. Foi uma surpresa quando soubemos que o marcador não estaria presente em Super Mario Odyssey, ou seja, o jogo não terá uma tela de Game Over, utilizando checkpoints com a perda de algumas moedas como punição em caso de fracasso na fase.

Embora possa parecer estranho para fãs antigos da franquia, esse sistema de checkpoints se tornou o padrão em quase todos os jogos desde a última geração de consoles. A opinião dos fãs parece ser favorável a esta mudança, porém algumas pessoas ainda dizem preferir o sistema antigo. Em relação a esse assunto Kenta Motokura, diretor de Super Mario Odyssey, falou a revista Game Informer deste mês:

Nós pensamos como o sistema de vidas iria funcionar neste jogo amplo, focado em exploração. Neste tipo de jogo haveria muitos pontos de reinício. Nós decidimos não utilizar sistema de vidas porque ele não era fundamental ao jogo. Nós também pensamos que ele afetaria a vontade de alguns jogadores continuar jogando o game, enquanto jogadores que são bons raramente veriam a tela de Game Over, que aparece quando Mario fica sem vidas, jogadores inexperientes iriam vê-la com frequência.

Bom, realmente faz bastante sentido, resta agora saber se isso se tornará padrão para todos os jogos do Mario ou se será exclusivo deste.

E então galera o que vocês acham disso? Bom, ruim, ou estão indiferentes? Super Mario Odyssey lança no dia 27 deste mês e tudo indica que será um jogo fantástico!
Facebook
0
Google
 
Top