Senran Kagura é uma franquia recente, porém já conta com mais de 10 títulos, variando desde beat 'n' ups até jogos de arena e esportivos. Porém uma coisa não muda na série, os seios avantajados das personagens femininas e a natureza sexual do jogo, na qual roupas são destruídas com facilidade deixando as participantes seminuas.

Em relação a isto o gerente de marketing da série, Michael Fisher, se manifestou trazendo algumas curiosidades sobre a franquia e ainda falando sobre as bases demográficas dos jogadores da série:

"Uma boa parte da nossa base demográfica é feminina, provavelmente 30% a 40%, definitivamente. Em termos de idade, 20 a 25 anos é a base principal de jogadores. Todos meus conhecidos que jogam e gostam da franquia entram nesse grupo, o que é surpreendente."

Ainda de acordo com a natureza sexual do jogo Fisher se manifestou falando:

"Se você perguntar a um fã ele te falará sobre a história profunda e os personagens envolvidos - e há muito disto. Porém o que não pode ser ignorado é a natureza sexual do jogo: a arte, os gráficos. É gratuito, porém, e feito para ser assim, é feito de tal maneira que é quase uma paródia deste fato. Isso faz parte da identidade do jogo, e remover traria a perda de algo importante - além de, obviamente, irritar os fãs. Além disso, vale lembrar que este tipo de coisa é muito popular no Japão, e a série vende muito bem por lá."
 E vocês galera o que acham do teor de Senran Kagura? Acham interessante? Divertido? Ou os excessos desconectam vocês do jogo? Vale lembrar que o próximo jogo da franquia será lançado para o Switch e além do fato de você poder "manipular" o corpo das garotas usando os Joy Con (incluindo o HD Rumble) pouca coisa foi revelada, mas promete ser um jogo bem divertido.

Para tudo sobre Senran Kagura, Switch e Nintendo no geral vocês conferem aqui mesmo, no A Casa do Cogumelo.
Facebook
0
Google
 
Top