Ao longo dos últimos anos nosso querido ouriço azul tem sido alvo de críticas bastante negativas em ralação aos seus últimos jogos, e pra piorar as críticas só aumentam a cada jogo lançado, esse ano tivemos o lançamento de Sonic Mania que ajudou a limpar um pouco a barra da franquia com seu estilo retrô, pois o game caiu no gosto da maioria dos jogadores, se por um lado isso é um ponto positivo, por outro pode significar um grande problema, é que nesse mesmo ano seria lançado o Sonic Forces que tinha a árdua missão de se sair melhor que seus jogos antecessores e ainda por cima conseguir lidar com toda a expectativa que foi criada em cima dele após o lançamento de Mania.

O jogo


Sonic Forces é um game que nos trás duas perspectivas, sendo o 3D e o 2D, prática essa que já se tornou comum nos últimos jogos do ouriço, o jogo foi lançado para o Switch mas não é um jogo exclusivo estando disponível também para outros consoles.

A história do game está um pouco mais elaborada, dessa vez Dr Eggman em sua constante busca para derrotar Sonic e dominar o mundo, acaba criando um novo vilão por meio de umas experiências estranhas que ele fez em seu laboratório envolvendo diferentes dimensões, o resultado disso é uma criatura chamada Infinite que possui um grande poder sendo capaz de derrotar Sonic, com o ouriço caído Dr Eggman realiza seu sonho de dominar o mundo com suas máquinas, com o caos instaurado, uma força de resistência é formada para lutar contra as tiranias de Eggman, Infinite e outros vilões de jogos passados, enquanto que o time de heróis é formado pela versão moderna de Sonic, sua versão antiga (e rechonchuda) que retornou graças aos experimentos de Eggman, e um personagem novo que o próprio jogador(a) customiza ,cabendo a eles salvarem o mundo e restaurarem a paz.

Infinte pronto para te mandar pro mundo invertido!


 Jogabilidade



Sonic Forces possui um número pequeno de fases, onde a cada momento você irá jogar com Sonic Moderno, Sonic Clássico e o Personagem novo, cada um possuindo um tipo de jogabilidade diferente, por exemplo, enquanto o Sonic Moderno derrota inimigos por meio do sistema de mira, o Sonic Clássico mantém a jogabilidade de seus tempos áureos,e o personagem novo por sua vez não é tão rápido quanto os ouriços mas conta com várias armas a sua disposição para derrotar os inimigos.

Além da diferença nas jogabilidades as fases entre os personagens também possuem suas peculiaridades, com o Sonic Moderno as fases predominam na perspectiva em 3D com vários trechos de corrida, há trechos em 2D mas são bem curtos, já com o Sonic Rechonchudo a perspectiva fica apenas no 2D e até mesmo as músicas das fases lembram um pouco o estilo antigo, as fases com o personagem novo mesclam elementos do 3D com o 2D e são acompanhadas com uma trilha sonora incrível.

Pontos positivos


Sonic Forces consegue acertar em alguns elementos, mas em compensação consegue errar em outros também, parte desses acertos estão nos gráficos do jogo que estão incríveis, o cenário é vivo e cheio de detalhes, chega a ser bem interessante ver antigos cenários com as releituras atuais como a Green Hill e Chemical Plant por exemplo, as vezes vale até a pena parar um pouco com a correria frenética para admirarmos os belos cenários do jogo.
Os cenários são riquíssimos em detalhes!

A trilha sonora como eu já havia mencionado está impecável, as músicas combinam perfeitamente com as fases aumentando ainda mais a sensação de insanidade e aceleração, há algumas fases que possuem vocais e as músicas cantadas são incríveis, até mesmo a musiquinha de desespero quando Sonic está perdendo o fôlego debaixo d’água da as caras aqui, se lançassem um CD com a trilha sonora desse jogo com toda certeza seria muito bem vindo.

Outro aspecto positivo é o avatar que podemos criar e jogar com ele nas fases, apesar de ser algo simples e presente em vários jogos, aqui a ideia de customização foi muito bem trabalhada, você possui um verdadeiro arsenal de itens e características para compor seu personagem que vão desde a espécie, cor da pele, penteado, roupas ,sapatos, armas, enfim muitas coisas mesmo, logicamente no início os recursos são bem limitados e você desbloqueia os itens com base na sua nota ao final de cada partida, então quanto maior a nota mais itens para seu avatar ficarão disponíveis, o que ajuda a colaborar com o fator replay do jogo.

Rookie é o nome do avatar, e é você quem decide o gênero dele(a)


As cutscenes do game também estão super bem trabalhadas, existem várias cenas que ajudam a contar a história do jogo e a sensação que temos é a de que estamos assistindo a um filme, também sendo possível pular as cenas caso a sua vontade de jogar seja maior que a velocidade do ouriço, a crítica aqui fica por conta da linguagem em inglês que não favorece muito quem não entende o idioma.

O poder de Infinite é bem assustador.
 As batalhas contra os chefes também estão bem interessantes, principalmente as lutas contra Infinite, apesar de todas utilizarem de uma mesma mecânica de combate que consiste em dar uma investida no inimigo ainda assim o nível de criatividade em algumas batalhas é bastante elaborado.

As fases com o Sonic Clássico são ótimas, elas exigem um pouco mais de habilidade por parte do jogador(a) e os trechos de corrida e exploração são bem equilibrados, sem contar que as fases contém os elementos característicos da série mais ainda assim introduz novos com perfeita harmonia, pena que são poucas fases com o Sonic rechonchudo.

Podia ter mais fases com o rechonchudo...

Pontos negativos

Foi difícil frear o ouriço em fases com muitos abismos.
Indo para o lado dos tropeços podemos citar a jogabilidade que não é muito precisa no game, tudo bem que Sonic é um personagem extremamente rápido, mas quando a fase possui elementos de plataforma e exploração fica meio difícil segurar o ouriço em alguns momentos, é inevitável não cair
em algum buraco sem querer ou topar de frente com algum inimigo, isso porque basta tocarmos o direcional para que Sonic saia em disparada na tela, é possível se acostumar com isso ao longo do tempo mas ainda assim em trechos menos velozes seria mais interessante se a velocidade do ouriço fosse mais calibrada.

A quantidade de fases também é um fator que decepciona aqui, são poucas as fases (apenas 30) e elas ainda são divididas entre os personagens, o que acaba nos frustrando pelo fato de que quando pegamos o ritmo do jogo com algum personagem em específico ela logo logo termina, principalmente as fases com Sonic moderno e com o Avatar que além de serem curtas ainda possuem várias custscenes onde os personagens se movem praticamente sozinhos, teve uma fase na Mystical Jungle que eu praticamente só tive de assistir enquanto o personagem descia pelo tobogã de água sozinho.

A fase mais sem sentido do jogo...

A dificuldade do jogo também pode decepcionar os jogadores mais hard cores, isso porque o game é fácil mesmo no modo hard, os desafios oferecidos podem ser facilmente superados, pois no geral os designs das fases consistem sempre nos mesmos tipos de objetivos sem oferecer muitos desafios, seria mais interessante se o sistema de combate contra os inimigos não fosse aquele de mira e também se fosse possível interagir mais nos trechos em que o personagem se mexe sozinho.

Veredito


Sonic Forces está longe de ser um jogo perfeito, mas ele também não é tão ruim como estão falando em várias críticas por ai, primeiramente precisamos entender que este é um game para aqueles que buscam apenas se divertirem de uma maneira mais simples e descontraída, e apesar de ser um jogo curto com fases curtas, para o modo portátil do Switch isso cai como uma luva, pois é possível avançar bastante na trama do jogo enquanto você está  esperando em uma fila ou esta dentro do metrô indo para algum por exemplo.

Com relação aos desafios impostos nas fases, temos de concordar que a principal característica de Sonic é a sua velocidade, então por conta disso é bem provável que os tipos de desafios nas fases irão se resumir apenas a correr freneticamente, pular buracos e desviar de obstáculos, afinal de contas esse é um jogo do Sonic e não adianta nada você compará-lo com Super Mario por exemplo (e olha que eu prefiro o Mario hein) pois as propostas de ambos os jogos são bem diferentes, então se você pegou o jogo e achou ruim porque as fases se resumem apenas a correr e pular sinto lhe informar mas você não conhece bem o ouriço como acha que conhece, esta certo que as fases poderiam ser melhor trabalhadas, mas ainda assim a essência do ouriço azul precisa ser mantida, talvez a Sega acerte mais no próximo título mas sem sombra de dúvidas não deixe que as críticas negativas façam você desistir de Forces pois com toda certeza ele merece uma chance e cumpre muito bem o papel de divertir o jogador(a).

Visual 10/10
Jogabilidade 7/10
História 9/10
Carisma 10/10
Trilha sonora 10/10

Facebook
0
Google
 
Top