Além do lançamento do Nintendo Switch, The Legend of Zelda: Breath of the Wild e Super Mario Odyssey fizeram com que o ano da Nintendo se tornasse ainda mais especial. Em entrevista ao IGN, os desenvolvedores dos dois jogos trocaram suas impressões e falaram o que acharam dos games uns dos outros.

Para o diretor Hidemaro Fujibayashi e o produtor Eiji Aonuma, de Breath of the Wild, Super Mario Odyssey é original e permite a implementação de coisas diferentes.

Pra mim, as partes que te permitem ir do 3D para 2D se tornam um estilo old school. Eu especialmente gostei de quando parece que não há um lugar para ir, mas as paredes se curvam. Foi super original. Na verdade, me lembrou um pouco de Zelda. É o tipo de coisa que não poderíamos fazer em um jogo como Breath of the Wild. É algo que só se encaixa no mundo louco de Mario. Então acho que foi muito legal. - Hidemaro Fujibayashi.
Mario permite várias ideias diferentes. Tenho um pouco de inveja disso. - Eiji Aonuma.

Já para Yoshiaki Koizumi, produtor de Super Mario Odyssey e que já trabalhou em games da franquia Zelda, visitar as montanhas de Breath of the Wild foram uma experiência e tanto.

Acho que minha parte favorita do game foi quando eu finalmente escalei a montanha mais alta. Como trabalhei em games Zelda, sempre quis criar ambientes escaláveis, mas tive que prometer que não faria isso. Mas, de verdade, estar no topo daquela montanha - o lugar em si era muito impressionante. Me sinto atraído por pelas montanhas. Foi muito bom.
E para você? Qual game foi mais marcante e por quê?

Fonte
Facebook
0
Google
 
Top