A Square Enix foi uma das grandes apoiadoras do Switch no começo de sua jornada. Não poderíamos esperar menos de uma das first-parties mais tradicionais da Nintendo. E entre o que já está de fora, e o que está a caminho, a empresa tem demonstrado uma certa paixão pela plataforma: Project Octopath Traveler, Dragon Quest XI, Dragon Quest Builders 1 e 2, e Lost Sphear são apenas alguns dos destaques (isso sem contar os títulos óbvios como Monster Hunter e Street Fighter).

Mas há uma razão pela qual a Square Enix está apoiando o Switch desta maneira. Falando com a MCV, o CEO, Yosuke Matsuda, falou um pouco a respeito do Switch:

O Switch é uma plataforma muito atraente e importante para nós. Como uma empresa de jogos, ter essa amplitude em nosso portfólio é importante, [ainda mais] com o Switch sendo uma peça de hardware única. Para os jogadores, a Nintendo está muito atenta ao JRPG, porque muitos deles voltam aos dias Super Nintendo.

Matsuda também comentou sobre I Am Setsuna em relação ao Switch. Durante a criação do projeto Switch, a Square Enix não estava analisando o sistema em particular, uma vez que ele não tinha sido lançado até então.

Yosuke Matsuda, CEO da Square

Quando começamos a trabalhar no Projeto Setsuna, o Switch ainda não estava disponível, não havia nenhuma informação sobre o console. Nós realmente nos propomos a fazer esse estilo de jogo e a fazê-lo no console doméstico. Mas nós realmente não tivemos nenhuma ideia específica sobre o console em que iríamos trabalhar no estágio de planejamento.

É muito confortador saber que uma das maiores desenvolvedoras, está de olho, e muito afim de levar suas maiores franquias para o Switch. Agora só nos resta esperar para ver quais surpresas a Square vai nos trazer.

Fonte
Facebook
0
Google
 
Top