Pokémon é uma das séries mais antigas da atualidade. Tendo seu lançamento em anime realizado no dia 1 de Abril de 1997 - e que segue até hoje -, as aventuras de Ash Ketchum e seus amigos estão repletas de furos e desencontros que nem a própria Nintendo está lá tão preocupada em esclarecer.
Lá na ilha Indigo, no episódio 85: A Pokébola Misteriosa, Brock "deixa a party" para se juntar à professora Ivy, até então uma estudiosa sobre a criação de Pokémon (área de especialidade do nosso carismático e conquistador Brock). Na época, muita gente pensou que era por motivos amorosos mesmo: Ivy nunca demonstrou dar nenhum "fora" no Brock, o que por sua vez alimentou ainda mais o hype de que ele enfim ficaria com alguém em definitivo no anime. Só que não.

Seu retorno se dá no episódio 117: O Circo está armado, onde ele ressurge de forma inesperada. Ao ser questionado sobre a Ivy, Brock se entristece, dando a entender que...talvez as coisas não tenham saído como o planejado. Hentais à parte, de fato, nada houve, e nosso galanteador de plantão continuou sua jornada em busca do coração de uma amada.

Brock e Ivy: amor, só por Pokémon mesmo =/

Pobre brock...
Ao contrário de animes longínquos como One Piece, Bleach ou Naruto, Pokémon não pretende ter um enredo amarrado ao longo dos anos. (Falando em One Piece, o Sanji tem uma veia forte de Brock em seu sangue hen...) De certa forma isso pode parecer frustrante para fãs que acompanham a série desde os anos noventa, mas, como o carro-chefe da franquia são os games e a leva cada vez maior de novos jogadores, a Nintendo não da tanta atenção mesmo aos fatos ocorridos no passado.

Prova disso é o próprio filme I Choose You, onde a história é re-contada de uma forma singelamente diferente a qual se apresentou no início do anime. Muita gente torceu o nariz, na mesma proporção que muitos gostaram.

Tudo bem, convenhamos, o cara também atira pra todo lado: é com as enfermeiras Joy; é com as guardas Jane; é com toda e qualquer mulher que aparece no anime (menos a Misty...por quê será? Eis aí outro enigma...). Não que ele mereça levar aqueles sennen goroshi do Croagunk mas...na real: quem aí ainda espera por um desfecho feliz para nosso amigo apaixonado?

Pauta indicada pelo nosso amigo e leitor Fernando Santos através da nossa página do Facebook. Valeu pela dica, Fernando.
Facebook
0
Google
 
Top